ÚLTIMAS NOTÍCIAS

29 de abril de 2015

Os Livros Raros de Terror e Suspense

   Os leitores de horror no Brasil se encontram em um grande dilema sempre que se deparam com um livro antigo de seu autor favorito, os preços astronômicos que as livrarias e sebos virtuais querem por tais obras. Em alguns casos isso é até justificável, por exemplo, as raríssimas edições de Os Livros de Bachman, publicado no início dos anos noventa pela Editora Francisco Alves, de Stephen King que jamais terá uma reedição por conter uma história proibida pelo autor. Mas também há casos absurdos em que os vendedores se aproveitam da pequena oferta para taxar preços extremamente abusivos, cito o caso de Eclipse Total de Stephen King, hoje em dia o preço que você encontrará na Estante Virtual é algo entre R$188,00 e R$200,00!! Há dois anos quando comprei a minha edição paguei R$20,00, apenas porque escolhi uma edição que está em ótimo estado. Há algum tempo atrás fiz uma matéria sobre os livros raros de Stephen King e a variação dos preços, que já eram altos, são de deixar qualquer um de queixo caído e bolsos vazios. 



   Mas porque há tantas obras no gênero que são consideradas raras e não recebem atenção das editoras? Nos anos setenta e oitenta o horror no Brasil era popular e aposta de boas vendas, autores como Dean Koontz, Stephen King, Clive Barker, Peter Straub, F. Paul Wilson, entre outros proporcionavam lucros certo. É por esse mesmo motivo que encontramos tantos outros autores de horror que possuem renome internacional, mas possuem poucas ou apenas uma publicação traduzida, é o caso de Shirley Jackson, T. E. D. Klein, James Herbert... Mas as tendências de mercado mudaram nos anos noventa, é possível ainda sentir um último fôlego das publicações nos primeiros anos, mas a realidade é que várias séries foram abandonadas e autores esquecidos. 
   Uma das minhas maiores motivações ao criar o Biblioteca do Terror foi resgatar das sombras essas obras e escritores, por mais que eu pesquisasse em sites brasileiros não encontrei nenhum lugar dedicado a apenas a esse gênero. As poucas tentativas das pessoas em criar blogs sobre livros de terror não aguentaram muito mais que um ano. Pode não parecer, mas é difícil gerenciar um site, ainda mais um literário voltado a um pequeno nicho de leitores como o horror. Mas não é impossível não é? Prova disso é que o Biblioteca do Terror está há mais de três anos ativo e crescendo cada dia mais. A boa notícia é que o horror como um todo está renascendo, republicações de clássicos como O Exorcista e Bebê de Rosemary são prova disso, assim como as novas edições de Drácula, Frankenstein e O Médico e O Monstro além da reedição da obra completa de H. P. Lovecraft. Grandes autores clássicos também estão finalmente recebendo atenção como Robert Chambers com a publicação de O Rei de Amarelo, Robert E. Howard com a recente edição de Rosto de Caveira e Outras Histórias e Solomom Kane. Mas sem mais delongas vamos ao que interessa, uma lista com os livros raros de terror no Brasil, se você possui algum então parabéns senão, aguarde nas sombras que sempre aparece uma promoção incauta para ser perseguida. 


A Assombração da Casa da Colina de Shirley Jackson
   O clássico das casas mal assombradas de Shirley Jackson é um dos livros mais raros da Coleção Mestres do Horror e da Fantasia, foi publicado em 1983 pela Editora Francisco Alves. Sua tiragem pequena e o próprio material frágil fazem com que poucos exemplares sejam encontrados e o estado de conservação questionável. O preço médio é entre R$110,00 e R$120,00 reais. 


Mau-olhado - a Tragédia Rondava a Casa de Júlia de Peter Straub
   Dentre a escassa obra de Peter Straub publicada no Brasil, Julia é umas das mais difíceis de serem encontradas, traduzida como Mau-Olhado foi publicada em 1975 pela Editora Record. O preço médio é entre R$30,00 e R$50,00 reais. Os Mortos-Vivos é outro livro seu que está praticamente a ser declarado raro, não encontrei nenhum exemplar para venda online embora sempre haja um grande fluxo desse livro, os preços são acessíveis. Ainda dá tempo de ter o seu. 


Os Gêmeos de Thomas Tryon
   Não é apenas o preço que faz o livro ser raro, a dificuldade em encontrá-lo é muitas vezes o maior empecilho para o leitor. Thomas Tryon é praticamente desconhecido do público brasileiro mas é responsável por um grande livro que figura sempre entre as listas dos melhores títulos de horror, Os Gêmeos. Obra elogiada por Ira Levin. Publicado em 1972 pela Editora Artenova está fora de mercado há tempos, mesmo nos próprios sebos virtuais. Anos atrás vi um exemplar à venda por apenas dois reais, mas a descrição falava que estava sem capa e totalmente amarelado. É um livro que há tempos está na minha lista de desejados.


A Sentinela de Jeffrey Konvitz
   O primeiro caso de livro esgotado através da influência do Biblioteca do Terror. Pesquisando filmes de terror dos anos setenta acabei me deparando sem querer com A Sentinela, na época haviam mais de dez exemplares à venda com a variação de preço entre R$2,00 e R$14,00. Publicado em 1974 pela Editora Record atualmente se encontra fora de catálogo.


Os Livros de Bachman
    O livro mais raro dessa lista é Os Livros de Bachman de Stephen King, qualquer fã  de horror que se preze conhece a história por trás dessa publicação. Regularmente aparece um exemplar a venda na Estante Virtual, nunca por menos de 500 reais, as melhores negociações que vi foram sempre realizadas diretamente com o vendedor, assim dá para discutir descontos. Foi dessa maneira que comprei outro raro do King, Trocas Macabras


Livros de Sangue de Clive Barker
   Os Livros de Sangue é uma coleção de coletâneas de horror que contém as publicações mais gore e insanas de Clive Barker, foi publicada no começo dos anos noventa pela Editora Civilização Brasileira. Os três primeiros volumes são os mais difíceis de serem encontrados, sendo  o primeiro considerado a maior raridade da coleção. Há um constante fluxo das obras na Estante Virtual mas os preços afastam novos leitores e apenas quem é fã do Barker está disposto a pagar o que é pedido. A Darkside anunciou a publicação de The Hellbound Heart para o segundo semestre, então não é um sonho impossível imaginar que num futuro breve novas reedições cheguem ao mercado. 


A Casa do Mal de Dean Koontz 
  O ápice da fama de Dean Koontz no Brasil aconteceu nos anos oitenta com a publicação de vários de seus clássicos sobrenaturais, A Casa do Mal e Fantasmas são os mais difíceis de serem encontrados e em contrapartida obras obrigatórias para quem é fã do autor. É muito difícil surgir uma nova edição dessas obras, então se vir alguma delas à venda não hesite!  


Coração satânico de William Hjortsberg
   Coração Satânico está entre os melhores livros de horror que já li, publicado em 1988 pela Editora Best Seller atualmente está fora de catálogo. A boa notícia é que William Hjortsberg assinou um contrato recentemente com a Editora Darkside Books, então podemos esperar novidades em breve. 


A Besta-Fera de Jack Woods
   Elogiado por alguns e crucificado por outros, A Besta-Fera, o livro sobre lobisomens de Jack Woods há anos está entre os meus desejados, porém o alto preço sempre me mantém distante da obra. A Editora Nova Cultural apesar de não ter criado uma coleção específica para isso publicava muito horror e suspense, mas os registros desses livros são bem escassos, outros que conheço são Ancestrais de Robert Y. Kline e A Última Vítima de Dan Barton.


O Ciclo do Inimigo de F. Paul Wilson 
   O Ciclo do Inimigo fez grande sucesso nos anos oitenta aqui no Brasil, formado por O Fortim, O Sepulcro, O Toque Mágico, Renascido e Represália, publicado pela Editora Record entre 1981 e 1994, acabou ficando interminada sem a publicação de Nightworld. Em 2009 através do selo Ponto de Leitura, foram prometidas reedições da saga completando com a nova tradução do volume final, mas acabou sendo abandonada novamente. 


   Uma dica para quem adquirir algum livro raro de terror é sempre a mesma para qualquer compra, pesquisar e pesquisar, nem sempre a primeira oferta é a melhor mas também às vezes é preferível pagar um pouco mais pela qualidade e conservação que ser surpreendido por um livro em péssimo estado. Por anos eu entrei todos os dias no site da Estante Virtual tentando encontrar uma boa promoção de Trocas Macabras, um dia acabei dando a sorte de encontrar um vendedor de Belo Horizonte com um preço aceitável e foi só marcar um encontro para discutir a compra posteriormente. A sorte é fator indispensável nessas horas. Independente do título e do preço, fã que é fã sabe que o aquele livro de seu autor favorito não preço, valores monetários não podem quantificar o valor emocional que a obra representa.

4 comentários :

  1. Eu também sou mais um que comprou A Sentinela por influência do Biblioteca do Terror. Estou faz tempo atrás de Livros de Sangue 1, Trocas Macabras e Assombração da Casa da Colina. Fiquei interessado por A Besta Fera, que minha esposa leu faz muito tempo e gostou muito.

    bomlivro1811.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Cada vez mais seu blog tem feito livros desaparecerem das prateleiras dos sebos virtuais. A Sentinela já sumiu, da última vez que olhei não havia nenhum exemplar. A Última Vítima do Dan Barton eu comprei o penúltimo. Meia Noite do Dean Koontz também desapareceu. Aliás, muitos títulos do Dean se tornaram raros de uns tempos para cá. Há uns meses comprei Os Estranhos por R$ 25,00 por pura sorte, pois o livro está na média dos R$ 100,00. Uma pena que suas melhores obras não tenham recebido reedições.

    http://porquelivronuncaenguica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Queria saber se Visões do Dean R. Koontz se adéqua a essa lista? Tenho ele aqui em casa, o li a algum tempo e encontro pouco informação sobre ele.
    http://estantepolicial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Consegui o "mau-olhado" em um sebo aqui na minha cidade a um mês atrás. Custou 5 reais! Quase cai para trás quando encontrei ele na estante de livros com desconto.
    Os "livros de sangue" consegui no estante virtual a muitos anos atrás. A coleção completa foi 90,00. Preço meio salgado mas pela coleção completa, valeu a pena.

    ResponderExcluir