ÚLTIMAS NOTÍCIAS

9 de março de 2015

10 Protagonistas Femininas Marcantes de Stephen King

 Em seus mais de quarenta anos de atividade Stephen King transformou suas criações em elementos da cultura popular, suas visões de horror se tornaram pesadelos recorrentes, seus heróis e vilões personificam a dualidade da alma humana. Suas personagens femininas são fortes, algumas são vítimas que tem que enfrentar seus maiores medos, que muitas vezes não são os monstros que habitam a escuridão, mas sim aquele que dorme ao seu lado na cama todos os dias, outras são inspiradoras em sua coragem de não abaixar a cabeça perante as adversidades e nunca desistir. Mas há também aquelas que são a encarnação do mal. Conheça a seguir a lista das personagens femininas mais marcantes de Stephen King:




   A perturbada mãe de Carrie é uma das primeiras incursões de Stephen King no cerne psicológico dos fanáticos religiosos. Margaret possui uma relação de amor e ódio com sua filha, desde que cometeu pecado e engravidou sabia que o poder do demônio estava dentro de si, mesmo com toda a criação severa e negação da telecinese de Carrie o mal se manifestou. E ela fez de tudo para acabar com isso.


   A única pistoleira do ka-tet do 19 é uma das personagens mais fantásticas de Stephen King. Susannah é uma afro-americana que viveu no auge do racismo nos Estados Unidos na década de sessenta, devido a um acidente suas pernas foram cortadas abaixo do joelho e outro problema na infância, desta vez uma forte pancada na cabeça, a fez criar duas personalidades: Odetta Holmes e Detta Walker. É interessante ver sua evolução durante a saga da Torre Negra, sua relação com Eddie e os problemas que a acompanham em A Canção de Susannah. 


   Wendy viveu um inferno no Overlook Hotel. Se não bastasse ter que lidar com Danny e suas visões de Iluminado tem que sobreviver a uma versão insana de seu marido, uma marionete assassina nas mãos sádicas dos espíritos que habitam o hotel.


   A lenda diz que King jogou fora o manuscrito de Carrie e foi sua esposa quem recuperou a história do lixo e o incentivou a terminar a premissa, que ela havia achado instigante. Em seu primeiro livro ele cria uma protagonista forte e empática, uma menina que tem que passar pelo calvário da adolescência em uma casa onde respirar é considerado pecado, além de lidar com seus poderes telecinéticos cada vez mais fortes.


   Jessie é uma das protagonistas de Stephen King que mais sofre em seus livros. Jogo Perigoso é praticamente um monólogo onde ela deve enfrentar seus pesadelos pessoais e os demônios que vivem em sua cabeça para escapar da situação mais crítica de sua vida. 


   Sou sua fã número 1! Assim diz uma adorável senhora de meia idade que encontra seu escritor preferido nos escombros de um acidente de carro. Como uma boa samaritana ele cuida dele até apresentar melhoras significativas, até quando decide cobrar seu preço: uma nova história da sua protagonista querida Misery. Quando as coisas não saem de acordo com seus planos seu lado psicótico começa a aparecer...


  Um relato emotivo de como uma mulher reuniu forças para enfrentar a tirania de seu marido e matá-lo pelo horror que cometeu.


Donna Trenton – Cujo
  Donna tem que mostrar toda sua fibra e força para conseguir sobreviver e proteger seu filho do ataque de um cão raivoso. Tudo isso presa em pleno verão em claustrofóbico e quente carro popular. Sempre sendo observada pelo cão.


Beverly Marsh – It
Bev era a única menina a participar do Clube dos Perdedores. Sua infância com um pai controlador a fez se tornar uma mulher com um série de namorados abusivos e problemas em relacionamentos. Os horrores que enfrentou quando criança, através das mãos de Pennywise contribuíram para esse quadro. Mas esse mesmo trauma forjou uma corrente de amizade que é mais forte que o próprio tempo e se tornará seu ponto de apoio e fonte de força.  


Christine – Christine
Uma personagem feminina que nem é humana! Christine é um Plymouth Fury extremamente ciumenta e não deixa que nada nem ninguém se meta com seu homem. Principalmente outra mulher. 

E você qual sua personagem favorita?

9 comentários :

  1. Oi Rafa,

    Acredite ou não, não sou muito fã de Stephen King. Talvez eu tenha lido o livro errado, mas a narrativa dele não me encantou da melhor maneira o possível. Quem sabe um dia ainda tento ler mais algum dele.

    Abraço,
    Lucas
    ondeviveafantasia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Dos livros do King que li a mais marcante achei a Annie Wilkes do livro Misery. Gostei muito também da Susan Norton de Salem.

    Maurilei.

    ResponderExcluir
  3. Ah, essas personas! HAHA Mas voto pela Christine, me recordo da primeira vez que assistir esse filme, a long long time ago :D

    ResponderExcluir
  4. Muito bom. Só faltou a Mama Sambona de A Dança da Morte. King não é de criar muito protagonistas femininas, mas quando o faz, ele capricha.

    http://porquelivronuncaenguica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu citaria Sadie Dunhill de "Novembro de 63"... O que essa personagem viveu, e o que representou, é de um impacto incomum em livros de Stephen King.

    E a Abra de Dr. Sono também merece menção.

    Mas a lista está incrível! O "problema" é que o Mestre nos brinda com muitos personagens, rsrsrs.

    Abração!

    http://jeremiassoares.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Muda pra essa Wendy x.x por favor

    https://suchabooknerd.files.wordpress.com/2010/10/demornay.jpg

    ResponderExcluir
  7. Olá Rafa, adorei o blog e a postagem...como não gostar das personagens de King? Elas são muito bem construidas e muitas vezes fazem toda a diferença para o enredo.

    Beijokas da Quel
    http://literaleitura2013.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Concordo com o Jeremias, a Sadie Dunhill de Novembro de 63 e a Abra de Doutor Sono merecem ser lembradas.

    Maurilei.

    ResponderExcluir