Lista dos Indicados ao Bram Stoker Awards® 2019 - Biblioteca do Terror

Biblioteca do Terror

O maior e mais completo site brasileiro sobre literatura de terror!

Lista dos Indicados ao Bram Stoker Awards® 2019

Share This

Foram revelados os indicados ao Bram Stoker Awards 2019, o prêmio máximo da literatura de horror, concedido anualmente pela The Horror Writers Association durante a StokerCon. Esse ano entre as categorias clássicas da premiação, há a estreia da premio de Melhor Artigo de Não-ficção, que reconhecerá a produção daqueles que escrevem sobre horror em periódicos acadêmicos, revistas de entretenimento e até mesmo em sites e blogs.

Na categoria de Melhor Romance destaque para Owl Goingback, que vai receber o Lifetime Achievement Award de 2019, ao lado de Thomas Ligotti, prêmio concedido para aqueles que fizeram grandes contribuições para o gênero. Josh Malerman recebe mais uma indicação por Inspeção, confira a minha resenha aqui, única obra da lista publicada no Brasil.

Concorrendo como Melhor Ficção Longa temos Victor LaValle e sua novela "Up from Slavery", mais uma releitura moderna de temas lovecraftianos nos mesmos moldes de A Balada Do Black Tom, publicada na edição de retorno da famosa Weird Tales.

Entre os indicados a Melhor Conto, o que mais me chamou a atenção foi The Eight People Who Murdered Me (Excerpt from Lucy Westenra's Diary)” de Gwendolyn Kiste publicado na edição de novembro da Nigthmare, e que pode ser lido na íntegra em inglês no site da revista. O conto traz a perspectiva de Lucy Westenra de sua morte ou assassinato em Drácula. É muito bom. Gwendolyn Kiste recebeu ano passado o Bram Stoker de Melhor Romance de Estreia com The Rust Maidens.

Na categoria de Melhor Coletânea, Paul Tremblay retorna a premiação com Growing Things and Other Stories, no conto que dá título ao livro é a primeira aparição das duas protagonistas de Na Escuridão da Mente, em universo alternativo onde o apocalipse é causado por plantas que crescem sobre todo o ser vivo do planeta. Uma surpresa é a indicação de Exhalation de Ted Chiang, cuja coletânea História da sua vida e outros contos foi publicada no Brasil pela Intrínseca. Outro nome que merece  destaque é o de John Langan, cujo livro The Fisherman, vencedor da categoria de Melhor Romance de 2017, teve seus direitos adquiridos pela Darkside.

Talvez a categoria mais instigante seja a de Melhor Obra de Não-Ficção, se nos últimos anos as biografias dominavam as indicações, desta vez livros que dissecam que temas específicos ganham maior destaque. É o caso de Gender, Sexuality and Queerness in American Horror Story, conjunto de ensaios que analisa as representações de gênero, sexualidade e  questões LGBTQ na série de televisão AHS. Os ensaios presentes em Horror and Religion levantam questões sobre espiritualidade nas obras de terror do século XVI ao XXI e as várias maneiras pelas quais o horror e a religião interagiram sobre temas como raça e sexualidade.

Masks in Horror Cinema examina a cultura do uso das máscaras no cinema de terror, explorando historicamente seus significados em diversas culturas, sua relação ritualística e interseções com poder, ideologia e identidade. Discutindo a ressignificação que a máscara recebe no cinema de terror e sua presença persistente como iconografia do gênero. 

Monster, She Wrote explora a obra das mulheres que foram pioneiras no gênero do horror e ficção especulativa, desde o gótico até a contemporaneidade, como Mary Shelley, Ann Radcliffe, Vernon Lee, Shiley Jackson, Daphne Du Maurier, Toni Morrison, Susan Hill, Angela Carter, Kathe Koja e muitas mais. Confira a lista completa dos indicados:

Melhor Romance
Coyote Rage de Owl Goingback
Inspeção de Josh Malerman
Into the Ashes de Lee Murray
Wanderers de Chuck Wendig
The Worst Is Yet to Come de S. P. Miskowski

Melhor Romance de Estreia
The Bone Weaver's Orchard de Sarah Read
Dear Laura de Gemma Amor
Doorways to the Deadeye de Eric J. Guignard
Invisible Chains de Michelle Renee Lane
The Luminous Dead de Caitlin Starling

Melhor Romance Juvenil
Eight Minutes, Thirty-Two Seconds de Peter Adam Salomon 
Five Midnights de Ann Dávila Cardinal
Here There Are Monsters de Amelinda Bérubé
Oware Mosaic de Nzondi 
Rules for Vanishing de Kate Alice Marshall
Speak No Evil de Liana Gardner

Melhor Ficção Longa/Novela
The Cat Sitter” de Anna Taborska (Shadowcats)
Into Bones Like Oil de Kaaron Warren
The Keeper of Chernobyl de Alessandro Manzetti
To Be Devoured de Sara Tantlinger
Up from Slavery” de Victor LaValle (Weird Tales #363)

Melhor Conto
The Book of Last Words” de Greg Chapman (This Sublime Darkness and Other Dark Stories)
Bury Me in Tar and Twine” de Jess Landry (Tales of the Lost Volume 1: We All Lose Something!)
The Eight People Who Murdered Me (Excerpt from Lucy Westenra's Diary)” de Gwendolyn Kiste (Nightmare Nov 2019)
Lydia” de Cindy O'Quinn (The Twisted Book of Shadows)
A Touch of Madness” de Tim Waggoner (The Pulp Horror Book of Phobias)

Melhor Coletânea de Contos
Exhalation de Ted Chiang
Growing Things and Other Stories de Paul Tremblay
Lady Bits de Kate Jonez
Out of Water de Sarah Read
Sefira and Other Betrayals de John Langan

Melhor Antologia de Vários Autores
Echoes: The Saga Anthology of Ghost Stories, ed. por Ellen Datlow
Nox Pareidolia, ed. por Robert S. Wilson
Pop the Clutch: Tales of Rockabilly, Monsters, and Hot Rod Horror, ed. por Eric J. Guignard
A Secret Guide to Fighting Elder Gods, ed. por Jennifer Brozek
The Twisted Book of Shadows, ed. por Christopher Golden e James A. Moore

Melhor Obra de Não-Ficção
Gender, Sexuality, and Queerness in American Horror Story de Harriet E. H. Earle
Horror and Religion de Eleanor Beal e Jonathan Greenaway
Masks in Horror Cinema: Eyes Without Faces de Alexandra Heller-Nicholas 
Monster, She Wrote de Lisa Kröger e Melanie R. Anderson
Shapeshifters: A History de John B. Kachuba

Melhor Artigo de Não-Ficção
The Evil Aging Women of American Horror Story” de Karen J. Renner (Elder Horror: Essays on Film's Frightening Images of Aging)
Film's First Lycanthrope” de Kelly Robinson (Scary Monsters Fall 2019)
Lord Byron’s Whipping Boy: Dr. John William Polidori and the 200th Anniversary of The Vampyre” de Valerie E. Weich (Famous Monsters of Filmland Oct 2019)
Magic, Madness, and Women Who Creep: The Power of Individuality in the Work of Charlotte Perkins Gilman” de Gwendolyn Kiste (Vastarian Spr 2019)
Slasher Films Made Me Gay: The Queer Appeal and Subtext of the Genre” de Vince A. Liaguno (Ginger Nuts of Horror 1 Sep 2019)

Melhor Graphic Novel
Bone Parish Vol. 2 de Cullen Bunn, Jonah Scharf e Alex Guimarães 
Calcutta Horror de Alessandro Manzetti, Stefano Cardoselli e Poppy Z. Brite 
H.P. Lovecraft's At the Mountains of Madness, The First Volume de Gou Tanabe 
Monstress Volume 4: The Chosen de Marjorie Liu e Sana Takeda
Snow, Glass, Apples de Neil Gaiman e Colleen Doran 

Melhor Roteiro
Doutor Sono de Mike Flanagan
O Farol de Robert Eggers e Max Eggers
Midsommar de Ari Aster
Stranger Things: “A batalha de Starcourt” de Matt Duffer e Ross Duffer
Nós de Jordan Peele

Melhor Coletânea de Poesia
The Apocalyptic Mannequin de Stephanie M. Wytovich 
Choking Back the Devil de Donna Lynch
The Demeter Diaries de Marge Simon e Bryan D. Dietrich
Dragonfly and Other Songs of Mourning de Michelle Scalise
Mary Shelley Makes a Monster de Octavia Cade
The Place of Broken Things de Linda D. Addison e Alessandro Manzetti

2 comentários:

  1. Será que o fisherman sai finalmente esse ano?

    ResponderExcluir
  2. Que texto excepcional tem o Rafael! Tenho curiosidade em saber como vc se atualiza, qual o seu método para permanecer informado acerca do que ocorre no mundo do terror. Parabéns!!!

    ResponderExcluir

Pages