ÚLTIMAS NOTÍCIAS

13 de abril de 2013

Resenha: A Profecia Dark - Anthony E. Zuiker



Sinopse:
     No segundo volume da série, o implacável perito criminal Steve Dark tem novamente nas mãos um terrível serial killer. Agente aposentado do FBI, o talentoso detetive comanda um grupo de investigadores de elite especializados em capturar assassinos tão perigosos que não se encaixam em nenhum dos 25 graus de psicopatia estipulados pela lei. Desta vez, não somente a maldade, mas o mistério se intensifica, pois o criminoso é especialista na arte do tarô. E Dark precisará usar toda sua astúcia para detê-lo. 

Opinião:
   A Profecia Dark é o segundo livro da série Grau 26 que continua a saga de Steve Dark em sua desesperada e desastrosa tentativa de viver uma vida normal. Anthony E. Zuiker com seu estilo policial descritivo continua a desafiar a mente do leitor a imaginar os mais bizarros locais de crimes, desta vez o vilão da história é um perito na arte do tarô e mata suas vitimas de uma forma a seus corpos ficarem parecidos com as figuras das cartas. O livro possui uma linguagem fluida e rápida própria do cinema, de modo que a leitura se torna mais fácil e prazerosa com a leitura de capítulos que mais parecem cenas de um filme ou série.
   Neste livro Dark está bem mais "obscuro" após o dramático final de Grau 26, sentindo uma grande perda e agora com mais responsabilidades ele luta para esquecer os anos que passou seguindo Sqweegel e continuar com a vida, ou o que sobrou dela. Seus pensamentos e atitudes demonstram o quanto está ressentido com o caminho que sua vida tomou e a vingança não trouxe nenhum alivio a dor. É esse o Dark que o leitor reencontra cinco anos mais e velho e torturado.
  Como seu antecessor, A Profecia Dark possui várias chaves de acesso para vídeos na internet que supostamente complementam a leitura com imagens de atores interpretando os protagonistas em algumas situações extras. Eu preferi deixar passar, não vi a nenhum vídeo ou imagem e também indico a quem for ler passar longe. Os vídeos não acrescentam em nada a história, nada de realmente importante, além de nos fazer perder tempo e sair do clima da leitura, servem para acabarem com nossa imaginação sobre os personagens, alguns dos atores não tem nada a ver com seu papel parece que foram escolhidos apenas por seus trabalhos na TV para ar uma "audiência" aos livros (Nota: o autor do livro é criador da série CSI).
   Com relação ao vilão, A Profecia Dark deixou um pouco a desejar... Após o grandioso Sqweegel seria bastante difícil criar um personagem que fosse superá-lo em maldade e crueldade com suas vítimas. Mas os autores tentaram, confesso que antes de ver a sinopse ou até pegar no livro eu tinha um sentimento secreto de que de alguma maneira Sqweegel retornaria, mas como não... Enfim o vilão das cartas de tarô cria cenários mortais incríveis e impressionantes, mas falta "paixão" pelo que faz, é tudo tão teatral e aleatório que às vezes parece forçado. Mas mesmo assim o final do livro me deixou curioso para o fim da série, As Revelações de Dark, o nome já diz tudo não é?

Minha nota: ☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠ (7/10 Caveiras)

2 comentários :

  1. Olá.
    Primeira vez que conheço seu blog e gostei muito das resenhas e indicações de livros. Notei que além de literatura de horror, você curte animes/mangás. Gostaria de trocar idéias. Já estou te seguindo. Se puder, me segue!
    abs!

    Empadinha Frita
    www.emapadinhafrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. velho eu até toh procurando livros de terror p ler. Vou ficar pobre o resto da vida assim.
    http://minhamiseravelvida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir