Últimas Notícias

6/recent/ticker-posts

Os vencedores do Bram Stoker Awards 2020

A Horror Writers Association (HWA) anunciou os vencedores do Bram Stoker Awards de 2020, o prêmio máximo da literatura de horror, concedido anualmente para os trabalhos que mais se destacaram no gênero dentre as mais diversas categorias. Confira a lista completa dos ganhadores e indicados:

Melhor Romance
The Only Good Indians de Stephen Graham Jones

Combinando terror clássico com uma narrativa dramática cheia de críticas sociais, The Only Good Indians, segue a história de quatro índios americanos após um evento perturbador em sua juventude que os coloca em uma luta desesperada pela sobrevivência. Caçados por uma entidade determinada a ter sua vingança, os amigos de infância estão desamparados, enquanto a cultura e as tradições que deixaram para trás os alcançam de forma violenta e vingativa.

Outros Indicados

Melhor Romance de Estreia
The Fourth Whore de EV Knight

Em seu romance de estreia, EV Knight conta a história de Kenzi Brooks, uma jovem que luta para encontrar a verdade a tempo de salvar o mundo após acidentalmente libertar um demônio ancestral que busca vingança contra o próprio Deus.

Outros Indicados

Melhor Romance Juvenil
Clown in a Cornfield de Adam Cesare 

Quinn Maybrook e seu pai se mudaram para a minúscula e chata Kettle Springs para encontrar um novo começo. Mas desde que a fábrica de xarope de milho Baypen fechou, Kettle Springs se tornou polarizada. De um lado estão os adultos, desesperados para tornar Kettle Springs ótima novamente, e do outro estão as crianças, que só querem se divertir, gravar vídeos de pegadinhas e sair de Kettle Springs o mais rápido possível.

A cidade está em meio a uma batalha entre o antigo e o novo, tradição e progresso. É uma luta que parece que vai destruir a todos. Até Frendo, o mascote Baypen, um palhaço assustador com um chapéu de porco, se tornar homicida e decidir que a única maneira de Kettle Springs crescer novamente é abatendo a colheita podre de crianças que vive lá atualmente.

Outros Indicados

Melhor Ficção Longa/Novela
Night of the Mannequins de Stephen Graham Jones

Em Night of the Mannequins, uma história de terror contemporânea, uma pegadinha adolescente dá muito errado e o inferno se abre: a origem do horror é sobrenatural ou há alguma psicopata à solta? Ou ambos? Assustar os amigos com um manequim é uma diversão inofensiva até que ele acorde e comece a matar todo mundo.

Outros Indicados

Melhor Conto
“One Last Transformation” de Josh Malerman (Miscreations: Gods, Monstrosities & Other Horrors)

Outros Indicados


Melhor Coletânea de Contos
Grotesque: Monster Stories de Lee Murray

Inspirada pela mitologia da Europa, China e Nova Zelândia, Lee Murray, subverte temas antigos, costurando novas criaturas de sangue e osso, escondendo-as em nevoeiros na floresta e prisões subterrâneas escuras. Apresentando onze contos misteriosos de autômatos, zumbis, golems e dragões Grotesque: Monster Stories dá uma nova vida ao gênero das histórias de monstros.

Outros Indicados

Melhor Antologia de Vários Autores
Black Cranes: Tales of Unquiet Women, ed. por Geneve Flynn & Lee Murray

Olhos amendoados celestiais, a filha devotada, a esposa perfeita. Quieta, submissa, recatada. Em Black Cranes, escritoras de terror do sudeste asiático abraçam e rejeitam esses papéis tradicionais em uma coleção única de histórias que dissecam suas experiências de "alteridade", seja na cor de sua pele, no ângulo de suas maçãs do rosto, nas coisas que ousam escrever ou nos lugares que criaram para si no mundo.

Outros Indicados

Melhor Obra de Não-Ficção
Writing in the Dark de Tim Waggoner

Neste livro abrangente dedicado à arte de escrever ficção de terror, o premiado autor Tim Wagoner baseia-se na experiência de trinta anos como escritor e professor. Writing in the Dark oferece conselhos, orientações e percepções sobre como compor histórias de terror e romances que são originais, assustadores, divertidos e bem escritos. A obra deriva do antigo blog de Waggoner com o mesmo nome. Cada capítulo inclui dicas de alguns dos melhores profissionais do terror da atualidade, como Joe Hill, Ellen Datlow, Joe R. Lansdale, Maurice Broaddus, Yvette Tan, Thomas Ligotti, Jonathan Maberry, Edward Lee e John Shirley. 

Outros Indicados

Melhor Artigo de Não-Ficção
Speaking of Horror” de Tim Waggoner (The Writer 11/20)

Melhor Roteiro
O Homem Invisível de Leigh Whannell

Em O Homem Invisível, quando o ex abusivo de Cecilia tira a própria vida e deixa sua fortuna, ela suspeita que a morte dele tenha sido uma farsa. Como uma série de coincidências se torna letal, Cecilia trabalha para provar que está sendo caçada por alguém que ninguém pode ver.

Outros Indicados

Melhor Graphic Novel
Mary Shelley Presents de Nancy Holder, Chiara Di Francia & Amelia Woo

Nancy Holder adapta os contos de quatro escritoras de terror da era vitoriana, Elizabeth Gaskell, Margaret Strickland, Edith Nesbit e Amanda Edwards, com cada história começando com uma introdução especial de Mary Shelley e sua criatura.

Outros Indicados

Melhor Coletânea de Poesia
A Collection of Dreamscapes de Christina Sng

Esta coleção é uma exploração da escuridão dentro de nós, a sombra que grita e implora, sempre lutando para se libertar. É um canto de sereia de transformação, um diário descoberto que sangra contos de fadas e distopias e parece um grimório cheio de feitiços e maldições que trazem monstros e loucos à vida.

Outros Indicados

Postar um comentário

1 Comentários