Os vencedores do Bram Stoker Awards 2019 - Biblioteca do Terror

Biblioteca do Terror

O maior e mais completo site brasileiro sobre literatura de terror!

Os vencedores do Bram Stoker Awards 2019

Share This
A Horror Writers Association (HWA) anunciou os vencedores do Bram Stoker Awards de 2019, o prêmio máximo da literatura de horror, concedido anualmente para os trabalhos que mais se destacaram no gênero dentre as mais diversas categorias. Devido a atual conjuntura a cerimônia foi realizada via transmissão online (e você pode conferir a premiação na íntegra no youtube) no último sábado, 18 de abril de 2020. Os premiados mostram que a diversidade e o olhar crítico social que atravessa obras contemporâneas do cinema de horror, também ecoam forte na literatura de gênero. Destaque para Coyote Rage de Owl Goingback, profundamente inspirado pela mitologia indígena norte americana e Monster, She Wrote que explora a obra e vida das mulheres que foram pioneiras no gênero do horror e ficção especulativa.

Na categoria de Melhor Coletânea, Paul Tremblay ganhou mais um prêmio com Growing Things and Other Stories, obra extremamente importante para seus fãs já que amarra vários de seus livros em um universo compartilhado, ou até mesmo universos totalmente diferentes como é o caso do conto que dá título ao livro, onde as duas protagonistas de Na Escuridão da Mente enfrentam um apocalipse causado por plantas que crescem sobre todo o ser vivo do planeta.

Infelizmente é altamente improvável que grande parte disso chegue ao Brasil. Com a crise é mais fácil e seguro investir em autores que o público já conhece, e assim, vivemos um inundamento de novas edições repetidas de autores populares e uma escassez extrema de novos nomes. O que nos resta é aguardar, de vez em quando uma editora surpreende, mas a verdade é que o fluxo de obras estrangeiras de horror que impulsionou o gênero na segunda metade da década passada aqui no Brasil está ficando nos últimos anos cada vez menor.

Melhor Romance
Coyote Rage de Owl Goingback
"Coyote está em uma caçada sangrenta, deixando para trás um rastro de carnificina. O metamorfo está determinado a matar os representantes humanos do Grande Conselho de Galun'lati, fazendo com que a humanidade perca o domínio do Novo Mundo. Porém, Raven, ouviu seu plano maligno e fará de tudo para proteger Luther Watie e sua filha, Sarah Reynolds, mesmo que isso signifique virar sua pele do avesso. As forças do mal estão se alinhando em dois mundos muito diferentes. A humanidade pode ser salva ou as criaturas troca-peles e presas mais uma vez reinarão supremas?"

Melhor Romance de Estreia
The Bone Weaver's Orchard de Sarah Read
"Ele fugiu de casa. É o que dizem sempre que um dos amigos de Charley Winslow desaparece da Old Cross School for Boys. É apenas uma lenda urbana. É o que dizem a Charley quando ele vê uma figura esfarrapada e cinzenta nos corredores da abadia à noite.

Quando Charley segue seus insetos de estimação até uma poça de sangue atrás de um muro falso, ele poderia simplesmente ter corrido e deixado essas pedras enterrarem seus segredos. Ele poderia assimilar, concentrar-se em seus estudos e esperar que seu pai o buscasse. Ou ele poderia andar pelos túneis escuros do coração da escola, vasculhar suas passagens abandonadas e fuçar a ferida do legado de loucura e assassinato de uma família.

Com a ajuda de Sam Forster, jardineiro da escola, e Matron Grace, a enfermeira da equipe, Charley desvenda a história da Old Cross e expõe um escândalo que remonta a quando a escola era uma casa com uma família nobre e um segredo obscuro - um segredo que ainda assombra seus corredores com passos oscilantes, retorcendo seus ossos em uma nova geração de pesadelos."

Melhor Romance Juvenil
Oware Mosaic de Nzondi 
"Décadas após uma guerra nuclear cataclísmica, os cientistas ganenses desenvolvem tecnologia que armazena a consciência em orbes de dados chamados retcons. A especialista forense de dezessete anos de idade, Feeni Xo, é um Enhuman (um humano metabólico intensificado por radiação) que, semelhante a um vampiro, precisa de sangue para se sustentar. Através de um jogo chamado House of Oware, Feeni descobre que a construção virtual é realmente uma realidade aumentada. Ela e sua melhor amiga humana, Sammi, uma jovem detetive, receberam misteriosamente implantes neurais especializados que lhes permitem invadir o software do governo. As duas adolescentes correm contra o tempo em um mundo de bestas deformadas para juntar os quebra-cabeças do mosaico digital."

Melhor Graphic Novel
Snow, Glass, Apples de Neil Gaiman e Colleen Doran 
"Neve, Vidro e Maçãs é a adaptação em quadrinhos de um conto de Neil Gaiman presente em Fumaça e Espelhos. Uma rainha não tão má assim está aterrorizada com sua enteada monstruosa e determinada a repelir essa criatura e salvar seu reino de um mundo onde finais felizes não são para sempre."

Melhor Ficção Longa/Novela
Up from Slavery” de Victor LaValle (Weird Tales #363)

Melhor Conto
The Eight People Who Murdered Me (Excerpt from Lucy Westenra's Diary)” de Gwendolyn Kiste (Nightmare Nov 2019)

Melhor Coletânea de Contos
Growing Things and Other Stories de Paul Tremblay
Growing Things And Other Stories traz dezenove contos de Paul Tremblay, entre histórias inéditas e já publicadas estão: “The Teacher”, indicado ao Bram Stoker Awards de Melhor Conto, onde uma estudante é forçada a assistir a um vídeo perturbador que assombrará e atormentará a sua vida e a de seus colegas de classe. “The Getaway", a estranha história de quatro homens que roubam uma loja de penhores e começam a desaparecer, um por um, enquanto se afastam da cena do crime. “Swim Wants to Know If It’s as Bad as Swim Thinks,” onde um viciado em metanfetamina sequestra a filha de sua ex-esposa, pois sua cidade está sendo aterrorizada por um monstro gigante... ou não.

"Notes From The Dog Walkers", uma novela metaficional, que traz a blogueira Karen Brissette (personagem de Na Escuridão da Mente) desconstruindo o gênero do horror em uma história que também serve de introdução ao seu romance Disappearance at Devil's Rock. Enquanto “The Thirteenth Temple” foca em Merry, que publicou um livro de memórias após o desfecho de Na Escuridão da Mente. E a história que dá título a coleção, “Growing Things”, onde uma passagem assustadora entre as irmãs de Na Escuridão da Mente, rapidamente referenciada no livro, é contada aqui em sua totalidade. 

Melhor Roteiro
Nós de Jordan Peele
"Adelaide e Gabe levam a família para passar um fim de semana na praia e descansar. Eles começam a aproveitar o ensolarado local, mas a chegada de um grupo misterioso muda tudo e a família se torna refém de seres com aparências iguais às suas."

Melhor Antologia de Vários Autores 
Echoes: The Saga Anthology of Ghost Stories, ed. por Ellen Datlow
"Todo mundo adora uma boa história de fantasmas, especialmente Ellen Datlow - a editora mais elogiada de obras de suspense sobrenatural e fantasia sombria. A Saga Anthology of Ghost Stories é sua coleção definitiva de histórias de fantasmas. Essas trinta histórias, incluindo novas obras dos autores best-sellers do New York Times Joyce Carol Oates, Alice Hoffman, Seanan McGuire e Paul Tremblay, abrangem do tradicional ao eclético, do mainstream ao literário, da pura fantasia ao bizarramente sobrenatural. Esteja você lendo sozinho debaixo das cobertas com uma lanterna ou em volta de uma fogueira com um círculo de amigos, há algo aqui para agradar e assustar todos."

Melhor Livro de Não-Ficção
Monster, She Wrote de Lisa Kröger e Melanie R. Anderson
"Conheça as escritoras que desafiaram as convenções para elaborar alguns das histórias mais estranhas da literatura, de Frankenstein a Assombração da Casa da Colina e além. Frankenstein era apenas o começo: histórias de horror e de weird fiction não existiriam sem as mulheres que as criaram. De histórias de fantasmas góticos a horror psicológico e ficção científica, as mulheres têm sido as principais arquitetas da literatura especulativa de todos os tipos. E suas próprias histórias de vida são tão intrigantes quanto sua ficção. 

Todo mundo sabe sobre Mary Shelley, criadora de Frankenstein, e os rumores de que mantinha o coração do falecido marido na gaveta da mesa. Mas você já ouviu falar de Margaret “Mad Madge” Cavendish, que escreveu um épico de ficção científica 150 anos antes (e gostava de usar vestidos de topless no teatro)? Se você conhece o impressionante trabalho de Shirley Jackson, cujo romance A Assombração da Casa da Colina foi reinventado como uma série da Netflix, tente as assombrações psicológicas de Violet Paget, que se envolveu abertamente em relacionamentos românticos de longo prazo com mulheres na era vitoriana. 

Você conhecerá ícones famosos (Ann Radcliffe, V. C. Andrews), artesãs esquecidas (Eli Colter, Ruby Jean Jensen) e a vanguarda de hoje (Helen Oyeyemi). As listas de leitura selecionadas apontam para os contos mais arrepiantes e apresentam mais de cem autoras e mais de duzentos de seus romances, novelas e histórias misteriosas e assustadoras."

Melhor Artigo de Não-Ficção
Magic, Madness, and Women Who Creep: The Power of Individuality in the Work of Charlotte Perkins Gilman” de Gwendolyn Kiste (Vastarian Spr 2019)

Melhor Coletânea de Poemas
The Place of Broken Things de Linda D. Addison e Alessandro Manzetti
Os vencedores do Bram Stoker Award, Linda D. Addison e Alessandro Manzetti, usam suas vozes únicas para criar uma coleção de poesia sombria e surrealista, explorando as muitas maneiras pelas quais corpos, mentes e almas destruídas perduram. Eles criaram poemas de imagens visionárias que abrangem morte, deuses, deusas e futuros sombrios, inspirando-se, juntamente com a inspiração de outros (Allen Ginsberg, Pablo Neruda, Phillis Wheatley, etc.).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages