Lista dos Indicados ao Bram Stoker Awards® 2018 - Biblioteca do Terror

Biblioteca do Terror

O maior e mais completo site brasileiro sobre literatura de terror!

Lista dos Indicados ao Bram Stoker Awards® 2018

Share This


Foram revelados os indicados ao Bram Stoker Awards 2018, o prêmio máximo da literatura de horror, concedido anualmente pela The Horror Writers Association para os trabalhos que mais se destacaram em cada uma das onze categorias da premiação, desde melhor romance de estreia até melhor roteiro cinematográfico. A apresentação da premiação acontecerá durante a 4º StokerCon, na noite de sábado 11 de maio, com transmissão ao vivo online pelo site. Confira a lista completa dos indicados:

Melhor Romance
The Hunger de Alma Katsu
Glimpse de Jonathan Maberry
Unbury Carol de Josh Malerman
Dracul de Dacre Stoker e J.D. Barker
The Cabin at the End of the World de Paul Tremblay

Melhor Romance de Estreia

What Should Be Wild  de Julia Fine
I Am the River de T.E. Grau
The Rust Maidens de Gwendolyn Kiste
Baby Teeth de Zoje Stage
The Moore House de Tony Tremblay

Melhor Romance Juvenil

Dread Nation de Justina Ireland
Sawkill Girls de Claire Legrand
Broken Lands de Jonathan Maberry
The Night Weaver de Monique Snyman
A Sombria Queda de Elizabeth Frankenstein de Kiersten White

Melhor Graphic Novel

Abbott de Saladin Ahmed
Moonshine Vol. 2: Misery Train de Brian Azzarello
Bone Parish de Cullen Bunn
Victor LaValle’s Destroyer de Victor LaValle
Monstress Volume 3: Haven  de Marjorie Liu

Melhor Ficção Longa/Novela

Our Children, Our Teachers de Michael Bailey
You Are Released de Joe Hill (Flight or Fright: 17 Turbulent Tales)
Dead Lovers on Each Blade, Hung de Usman T. Malik (Nightmare Magazine Issue #74)
 The Devil’s Throat de Tena Mason (Hellhole: An Anthology of Subterranean Terror)
Bitter Suites de Angela Yuriko Smith

Melhor Conto
“Mutter” de Jess Landry (Fantastic Tales of Terror) 
“Dead End Town” de Lee Murray (Cthulhu Deep Down Under Volume 2) 
“Glove Box”  de Annie Neugebauer (The Dark City Crime & Mystery Magazine Vol. 3, Issue 4)
“A Winter’s Tale” de John F. D. Taff (Little Black Spots)
“And in Her Eyes the City Drowned” de Kyla Lee Ward (Weirdbook #39) 

Melhor Coletânea de Contos
Spectral Evidence de Gemma Files
That Which Grows Wild de Eric J. Guignard
Coyote Songs de Gabino Iglesias
Garden of Eldritch Delights de Lucy A. Snyder
Dark and Distant Voices: A Story Collection de Tim Waggoner

Melhor Roteiro
Hereditário de Ari Aster
A Maldição da Residência Hill: The Bent-Neck Lady, Episódio 01:05 de Meredith Averill
Aniquilação de Alex Garland
Bird Box de Eric Heisserer
Um Lugar Silencioso de John Krasinski, Scott Beck e Bryan Woods

Melhor Antologia de Vários Autores 
A New York State of Fright: Horror Stories from the Empire State de Robert Masterson et al.
The Devil and the Deep: Horror Stories of the Sea de Ellen Datlow
A World of Horror de Eric J. Guignard
Hellhole: An Anthology of Subterranean Terror de Lee Murray
Lost Highways: Dark Fictions from the Road de D. Alexander Ward

Melhor Livro de Não-Ficção
Horror Express de John Connolly
The Howling: Studies in the Horror Film de Lee Gambin
We Don’t Go Back: A Watcher’s Guide to Folk Horror de Howard David Ingham
It’s Alive: Bringing Your Nightmares to Life de Joe Mynhardt and Eugene Johnson
Uncovering Stranger Things de Kevin J. Wetmore Jr.

Melhor Coletânea de Poemas
Artifacts de Bruce Boston
Bleeding Saffron de David E. Cowen
Witches de Donna Lynch
War: Dark Poems de Marge Simon e Alessandro Manzetti
 The Devil’s Dreamland de Sara Tantlinger

5 comentários:

  1. Caramba Rafael, essas matérias só me deixam triste, saber que nem 10% desse material vai chegar para nós.

    ResponderExcluir
  2. Em comparação com os outros anos, estamos até que bem: Unbury Carol será publicado pela Intrínseca (ainda sem data), The Cabin At the End of the World saiu esse ano pela Record, Moonshine e Monstress tiveram seus primeiros volumes lançados por aqui, então deve sair mais, Flight or Fright do King vair lançado pela Suma no segundo semestre. Mas realmente é triste ver essas antologias e coletâneas que dificilmente chegarão por aqui.

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente a Darkside era a promessa de trazer parte deste material para nós... mas o negócio parece que parou,é só romances dark e documentarios de filmes...

    agora vem essa enganação com o Candyman... uma grande sacanagem com os leitores que aguardavam o lançamento da série livros de sangue e NÃO os seus contos transformados em livros... A Darkside vai lançar quase 40 livros para os contos de Clive Barker??? Haja money heinnnnnnnnn...

    Estamos a mingua....

    ResponderExcluir
  4. Sim, parece que a Darkside está sendo mais cautelosa em suas publicações, porém eles tem os direitos dos livros de John Langan e da Joyce Carol Oates, ambos vencedores do Bram. Espero que algum deles saia esse ano.

    Minhas expectativas esse ano estão na coleção Minotauro da Planeta, ano passado eles trouxeram vários livros interessantes, entre eles Dracul e O Corpo dela e outras farras, este último um livro de horror que foge do lado comercial, que geralmente chega aqui pelas grandes editoras.

    ResponderExcluir

Pages