Últimas Notícias

6/recent/ticker-posts

Estante dos Livros Esquecidos VIII | Coleção Mistério: obras-primas do suspense sobrenatural

A Estante dos Livros Esquecidos é uma seção do blog voltada para o resgate da memória da literatura de terror publicada no Brasil, um universo em grande parte desconhecido do público. Nas edições anteriores retornamos para as décadas de setenta, oitenta e noventa por meio de listas de livros pouco conhecidos de editoras famosas. Desta vez nosso foco é uma pequena, mas interessante, coleção publicada pela Marco Zero em 1994, a Coleção Mistério: obras-primas do suspense sobrenatural.

"Pálidos fantasmas que passeiam por salões  antigos de mansões desertas. Amores do passado que desafiam a morte. Poderes ocultos, bruxarias bizarras, estranhos domínios mágicos  e o mal que, irrequieto, procura maneiras de se manifestar. Tudo isso você encontrará na Coleção Mistério: Obras-primas do Suspense Sobrenatural!!"

Essa era a adorável sinopse da Coleção Mistério, formada por novelas inglesas de suspense e mistério sobrenatural escritas entre 1846 e 1897, e publicada pela editora Marco Zero em formato de livro de bolso em 1994. Originalmente a coleção traria ao todo cinco livros, mas um deles, "Monsieur Maurice" de Amelia B. Edwards, jamais foi publicado. Desse modo a coleção é formada por: "O Amante Fantasma" de Vernon Lee, "A Casa Desabitada" da Sra. J. H. Riddell, "O Fantasma da Casa dos Guirs" de Charles Wing Beale e "A Bruxa Âmbar" de Willhelm Meinhold.

 "O Amante Fantasma" de Vernon Lee
Uma mulher de inusitada beleza. Um marido ciumento. Um amor que se recusa a morrer. O cenário está pronto para um trágico mistério.

"A Casa Desabitada" da Sra. J. H. Riddell
Uma casa aprazível à beira do Tâmisa. Onde qualquer um gostaria de morar. Até mesmo um fantasma. O problema é que fantasmas não pagam aluguel.

"O Fantasma da Casa dos Guirs" de Charles Wing Beale
Um jovem apaixonado. Uma bela mulher profundamente infeliz. E um fantasma filósofo. O tempo, o espaço, a morte e a vida, tudo passa a ser relativo. 

"Monsieur Maurice" de Amelia B. Edwards (Não Publicado)

"A Bruxa Âmbar" de Willhelm Meinhold*
O mais interessante de todos os julgamentos por bruxaria até hoje conhecidos, publicado a partir do manuscrito incompleto, escrito pelo pai de Mary, o pastor Abraham Schweidler.

*A Bruxa Âmbar tem uma história curiosa, Willhelm Meinhold publicou o livro como se fosse um manuscrito real do século XII sobre o julgamento de uma bruxa, alguns historiadores e a própria Igreja acreditaram na veracidade do relato, que chegou a utilizá-lo como material de leitura na perseguição às bruxas. É lógico que o autor foi duramente criticado quando revelou que era tudo ficção.

Postar um comentário

3 Comentários

  1. Parabéns, esse é um excelente trabalho de resgate dessas obras.

    ResponderExcluir
  2. Rafa, você leu O AMANTE FANTASMA e CASA DESABITADA? O que achou deles?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só li O Amante Fantasma, não lembro muito da história, faz muito tempo, mas pelas minhas anotações foi uma leitura legal, embora não se destaque entre as histórias de fantasmas da época que já li. Preciso reler com a mentalidade atual. Quanto aos outros livros, ainda não encontrei em bibliotecas e os preços online não são nada atrativos.

      Excluir