Estante dos Livros Esquecidos VIII | Coleção Mistério: obras-primas do suspense sobrenatural - Biblioteca do Terror

Biblioteca do Terror

O maior e mais completo site brasileiro sobre literatura de terror!

15 de dezembro de 2018

Estante dos Livros Esquecidos VIII | Coleção Mistério: obras-primas do suspense sobrenatural

A Estante dos Livros Esquecidos é uma seção do blog voltada para o resgate da memória da literatura de terror publicada no Brasil, um universo em grande parte desconhecido do público. Nas edições anteriores retornamos para as décadas de setenta, oitenta e noventa por meio de listas de livros pouco conhecidos de editoras famosas. Desta vez nosso foco é uma pequena, mas interessante, coleção publicada pela Marco Zero em 1994, a Coleção Mistério: obras-primas do suspense sobrenatural.

"Pálidos fantasmas que passeiam por salões  antigos de mansões desertas. Amores do passado que desafiam a morte. Poderes ocultos, bruxarias bizarras, estranhos domínios mágicos  e o mal que, irrequieto, procura maneiras de se manifestar. Tudo isso você encontrará na Coleção Mistério: Obras-primas do Suspense Sobrenatural!!"

Essa era a adorável sinopse da Coleção Mistério, formada por novelas inglesas de suspense e mistério sobrenatural escritas entre 1846 e 1897, e publicada pela editora Marco Zero em formato de livro de bolso em 1994. Originalmente a coleção traria ao todo cinco livros, mas um deles, "Monsieur Maurice" de Amelia B. Edwards, jamais foi publicado. Desse modo a coleção é formada por: "O Amante Fantasma" de Vernon Lee, "A Casa Desabitada" da Sra. J. H. Riddell, "O Fantasma da Casa dos Guirs" de Charles Wing Beale e "A Bruxa Âmbar" de Willhelm Meinhold.

 "O Amante Fantasma" de Vernon Lee
Uma mulher de inusitada beleza. Um marido ciumento. Um amor que se recusa a morrer. O cenário está pronto para um trágico mistério.

"A Casa Desabitada" da Sra. J. H. Riddell
Uma casa aprazível à beira do Tâmisa. Onde qualquer um gostaria de morar. Até mesmo um fantasma. O problema é que fantasmas não pagam aluguel.

"O Fantasma da Casa dos Guirs" de Charles Wing Beale
Um jovem apaixonado. Uma bela mulher profundamente infeliz. E um fantasma filósofo. O tempo, o espaço, a morte e a vida, tudo passa a ser relativo. 

"Monsieur Maurice" de Amelia B. Edwards (Não Publicado)

"A Bruxa Âmbar" de Willhelm Meinhold*
O mais interessante de todos os julgamentos por bruxaria até hoje conhecidos, publicado a partir do manuscrito incompleto, escrito pelo pai de Mary, o pastor Abraham Schweidler.

*A Bruxa Âmbar tem uma história curiosa, Willhelm Meinhold publicou o livro como se fosse um manuscrito real do século XII sobre o julgamento de uma bruxa, alguns historiadores e a própria Igreja acreditaram na veracidade do relato, que chegou a utilizá-lo como material de leitura na perseguição às bruxas. É lógico que o autor foi duramente criticado quando revelou que era tudo ficção.

Um comentário: