Resenha | Cantigas no Escuro org, de Laura Pohl - Biblioteca do Terror

Biblioteca do Terror

O maior e mais completo site brasileiro sobre literatura de terror!

7 de julho de 2018

Resenha | Cantigas no Escuro org, de Laura Pohl



Cantigas no Escuro é um mergulho nostálgico e sombrio no cerne das canções que ditavam o tom das nossas brincadeiras infantis, músicas que escondem por trás de suas rimas inocentes avisos sobre horrores além da imaginação. Seis autoras brasileiras de literatura young adult reimaginam as origens folclóricas das cantigas e exploram seu lado fantástico, em narrativas que misturam um tom de fábula macabra com as ambientações nostálgicas das histórias de Ray Bradbury sobre o amadurecimento.

Os contos exploram o horror em sua dimensão social usando o medo como conduíte para histórias que falam sobre assuntos tabus na sociedade, como relacionamentos abusivos ou a própria descoberta da sexualidade, discutindo de modo inteligente temas relevantes, ao mesmo tempo em que tecem tramas assustadoras que alimentam a imaginação do leitor. A obra é elegantemente ornada com as ilustrações sombrias de Dante Luiz que consegue captar cenas emblemáticas com precisão. 

Jana Bianchi abre a antologia com Ciranda Cirandinha em uma versão assombrada chamada Diga adeus e vá se embora. Quando um grupo de jovens descobre um estranho objeto enterrado no sítio de seus avós, sua curiosidade é aguçada pelos mistérios e segredos que envolvem a descoberta, a insistência em conseguir respostas acabará despertando um mal adormecido há décadas. 

Com um sussurro que atravessa o silêncio da noite, Iris Figueiredo recria Fui no Tororó através das páginas de Na beira do rio. Quando uma jovem vai passar o fim de semana  no sítio da família de uma amiga, sua atenção é capturada por um sombrio retrato no casarão, cujo olhar lhe causa uma sensação estranha, intensificada pela história macabra associada a imagem. Um encontro fantasmagórico ditará o tom da narrativa que culminará em uma descoberta que mudará a vida de todos.

Solaine Chioro percorre caminhos sombrios para criar uma versão mortal de Se Esta Rua Fosse Minha em Juro que Te Amo. Ao voltar de uma festa à noite duas irmãs se deparam com uma estranha rua ladrilhada com pedrinhas de brilhante, o que elas não sabem é que no final dessa passagem de contos de fadas vive uma criatura que fará de tudo para aplacar sua solidão com vísceras e sangue.

Gabriela Martins explora as horríveis consequências de relacionamentos abusivos em Escamas de Espinhos com delicadeza a partir de O Cravo e a Rosa. Na clássica premissa da moça que começa a se afastar de seus amigos e perder sua liberdade após entrar em um relacionamento, o elemento fantástico entra em cena para garantir um final mortal tão afiado quanto a ponta de um espinho.

Emily de Moura se baseia em Alecrim para criar Dourado, uma versão atual e sombria de um mito folclórico que assombra as pequenas cidades do interior: o corpo-seco. Uma jovem assombrada pelos medos de infância decide retornar ao sítio dos avós, onde as visões que compõe seus pesadelos tiveram origem, lá descobrirá que monstros são reais assim como as mais belas histórias de amor.

Laura Pohl fecha a antologia com Algo Teu, história enraizada em Batatinha Quando Nasce, que explora os efeitos das maldições de lugares assombrados e o que acontece com aqueles que quebram essas proibições. A protagonista é desafiada a ir até uma cabana assombrada e pegar uma batata, da plantação que a cerca, para provar o feito. O que ela não sabe é que esse simples ato dará consentimento para uma força sombria afetar diretamente sua vida.

Cantigas no Escuro é uma ótima opção para quem busca histórias ágeis que misturam leveza e terror com habilidade e originalidade. O tom "young adult" das histórias combina perfeitamente com o tema proposto e o resultado é uma antologia consistente que além de entreter mantém um ritmo constante de tensão ao longo de todas as seis narrativas.

 Cantigas no Escuro | Ficha Técnica 
   Organização: Laura Pohl
   Editora: Independente (Amazon)
   Páginas: 236
   Data de Publicação: 2018
   CompreAmazon
   Nota: ☠ ☠ ☠ ☠ ☠ ☠ ☠ ☠ ☠ ☠ (10/10 Caveiras)

Nenhum comentário:

Postar um comentário