ÚLTIMAS NOTÍCIAS

8 de fevereiro de 2015

Guia de Sobrevivência dos Livros de Stephen King


   Em um livro de Stephen King ninguém está salvo, os mocinhos podem morrer as crianças e pessoas mais velhas podem morrer, animais de estimação provavelmente vão morrer ou então te matar, máquinas podem ganhar vida só para te matar, seres de outra dimensão ou aberrações mutantes podem surgir para te matar, eventos da natureza também são bem mais catastróficos e o apocalipse pode surgir de um espirro. Este é um pequeno guia de sobrevivência que pode vir a ser útil se por algum acaso você descobrir que sua vida é uma história de Stephen King:


1. Evite lugares estranhos. Turismo nas histórias de Stephen King sempre acaba em morte. Cidades como Castle Rock, Derry ou Salem's Lot estão proibidas. Evite o Maine em geral.

2. Carros antigos vendidos a preços inacreditáveis por velhos estranhos são uma fria.

3. Nunca. Eu disse nunca fale com um palhaço que está dentro do esgoto. A menos que ele tenha um balão colorido...  NÃO! Jamais fale com palhaços! Esmurre-os.

4. Evite zombar da garota estranha e silenciosa da escola. Não tente interferir nas brincadeiras. Por via das dúvidas evite festas e bailes escolares.

5. Tenha sempre uma cruz no bolso.

6. Resista à tentação de desenterrar seus entes queridos mortos e enterrá-los em um cemitério de animais.

7. Não pare o carro para policiais em cidades desertas. Principalmente depois de ver um gato espetado em uma placa.

8. Evite trabalhos que envolvam entrar no subterrâneo para caçar ratos. Evite ratos.

9. Empregos em hotéis isolados também são desaconselháveis.

10. Se por um acaso você encontrar um portal do tempo em uma lanchonete, não tente mudar o passado. E nem salvar o presidente. Ou matá-lo.

11. Não atropele ciganos.

12. Não atenda ao celular.

13. Não entre em nevoeiros.

14. Não atropele um cigano enquanto fala ao celular dentro de um nevoeiro.

15. Evite milharais e cidades abandonadas.

16. Se sentir o cheiro de terra em algum animal ou familiar, saia correndo!

17. Não durma em aviões. Você pode acordar e descobrir que todos sumiram.

18. Evite corredores vazios de hotéis. E banheiras também.

19. Não aperte a mão de pessoas que saíram recentemente do coma.

20. Não vá atrás do homem de preto que fugia pelo deserto.

21. Não peça ou dê caronas perto de cemitérios.

22. Não seja um médico cirurgião preso em uma ilha deserta.

23. Em uma sociedade pós-apocalíptica não fique do lado do homem de preto. Por mais legal que seja.

24. Não tenha fãs número um.

25. Se topar com algo parecido com uma nave espacial enterrada em seu quintal, esqueça-a, por favor não desenterre.

26. Não atenda a ligação de um amigo de infância para quem você fez uma promessa e não se lembra bem do conteúdo.

27. Fique longe de Roland de Gilead.

28.  Proteja as rosas. Elas são importantes.

29. Sempre deixe a porta do guarda-roupa bem fechada. Se possível coloque uma cadeira contra a porta.

30. Se chifres aparecem na sua cabeça, você deve... Opa, escritor errado!

31. Não seja um religioso insano em situações sobrenaturais.

32. Não se apaixone pelo herói. Isso fará de você um alvo.

33. Não confie na tecnologia.

34. Se tudo o mais falhar redefina seu conceito de sobrevivência, às vezes viver como escravo de caminhões ou caminhar até encontrar outro mundo é melhor do que morrer. Ninguém nunca disse que sobreviver nas histórias de Stephen King é fácil.

11 comentários :

  1. kkkkkk Adorei...
    Muita referência ainda não fui capaz de captar (mas acho que poderia ter também: Nunca trabalhe no corredor da morte de uma penitenciária estadual)
    Terminei Misery ontem e perdi toda e qualquer aspiração que já tive de ser famoso :p
    e Depois de A Torre Negra nunca mais olhei para uma rosa da mesma maneira...

    http://leitorantissocial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. shoooow!
    li todos com uma admiração enorme e com umas risadas gostosas.. e esse "opa, escritor errado!" kkkkkkk - ri demais - você e demais.
    abraços.

    gabryel fellipe - quimeras mirabolantes

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkkkkkkk
    Genial cara, simplesmente genial
    Post fantástico esse, parabéns

    ResponderExcluir
  4. Oi Rafa!
    Hahaha. Adorei!
    Não li todos os livros ainda, então não entendi todas as referências, mas conhecendo o King já imagino o que há por trás delas, hehe.
    É…evitar o Maine é uma boa…
    Beijos
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Muito divertido, uma ótima maneira de avaliar nossos conhecimentos sobre a obra de King.

    http://porquelivronuncaenguica.blogspot.com.br/2015/01/sete-mulheres-apavorantes-criadas-por.html

    ResponderExcluir
  6. HAHAHAHAHHA ADOREI, RAFA!! Morri de rir em vários ítens, mas os que mais gostei foram:

    "3. Nunca. Eu disse nunca fale com um palhaço que está dentro do esgoto. A menos que ele tenha um balão colorido... Não! Jamais fale com palhaços! Esmurre-os."

    e

    "30. Se chifres aparecem na sua cabeça, você deve... Opa! Escritor errado!"

    Isso me lembra que ainda tenho que ler O Pacto e preciso de mais dicas de Stephen King ;)

    Beijoos!
    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  7. rsrsrs
    Boa!
    Quero aproveitar pra dar os parabéns pelo aniversário do blog!

    ResponderExcluir
  8. Demais mano. Muito bom mesmo. Rachei com o Hill, ótima sacada.

    ResponderExcluir
  9. Mas legal foi uma "pequena" referencia a Joe Hill, (não entendi os da rosa) (eu foi porque eu nunca li A Torre Negra). ótimo post

    ResponderExcluir
  10. Muito, muito bom!!! Sou fã do King há anos, então entendi tudo!!! Mesmo não tendo lindo ainda Misery, acho que é o único que falta...

    ResponderExcluir