ÚLTIMAS NOTÍCIAS

3 de dezembro de 2014

Os Melhores Livros de Dean Koontz

   Dean Koontz passou por uma fase bastante agressiva de produção literária em meados dos anos oitenta, seus livros continham descrições vívidas e chocantes de assassinatos com personagens bizarros e tramas repletas de suspense e tensão, não é a toa que foi comparado neste período a Stephen King, ambos eram duas máquinas prodigiosas e prolíficas que produzir sustos e pesadelos. Nos últimos anos Koontz evitou temas sobrenaturais, exceto em seus livros juvenis protagonizados por Odd Thomas, preferindo dar vazão a thrillers vertiginosos de suspense e ação. No Brasil, grande parte de sua vasta obra foi ignorada, os principais títulos são remanescentes do final da década de oitenta e noventa, atualmente há publicações esparsas de seus títulos com atraso de anos. A seguir uma lista com os meus dez livros favoritos do autor:

Velocidade

   Billy Wiles é um rapaz pacato e trabalhador que leva uma vida calma e comum. Mas isso está prestes a mudar. Certa noite, após o seu turno de trabalho como barman, ele encontra no limpador de para-brisa de seu carro um bilhete datilografado: 
 "Se você não levar este bilhete à polícia nem envolvê-la, vou matar uma linda professora loura em algum lugar do condado de Napa. Se levar este bilhete à polícia, matarei uma mulher idosa que faz obras de caridade. Você tem seis horas pra decidir. A escolha é sua."  
     Parece uma brincadeira doentia, e Lanny Olsen, um policial amigo de Billy, concorda com isso. Seu conselho a Billy era ir para casa e deixar aquilo de lado. Além do mais, os que eles poderiam fazer mesmo se levassem o bilhete a sério? Nenhum crime havia sido cometido. No entanto, menos de 24 horas depois, uma jovem e bela professora loura é encontrada morta, e Billy é o culpado: ele não convenceu a polícia a se envolver no caso. Agora ele tem um novo bilhete, outro prazo, outro ultimato... E duas novas vidas por um fio.

Lágrimas do Dragão
   Harry Lyon é um homem racional, um policial correto e metódico que se recusa a deixar o trabalho endurecer sua alma. Sua parceira, Connie Gulliver, ao contrário, sempre adorou o caos. Mas apesar de acreditar na ordem e na razão, um dia Harry se vê forçado a matar um homem, e a partir de então sua vida se transforma em um terrível pesadelo. Um mendigo misterioso, com olhos vermelhos, profere as palavras que parecem pronunciar a morte de Harry: "Tique-taque, tique-taque. Você vai estar morto dentro de dezesseis horas... Morto ao amanhecer... Morto ao amanhecer... Morto ao amanhecer...”.

   Odd Thomas, um jovem cozinheiro de uma cidadezinha californiana, vê e ajuda os mortos da melhor forma que pode. Um dia Odd se sobressalta ao ver um estranho sentado ao balcão do restaurante onde trabalha: ele está cercado de bodachs, entidades que só se mostram quando algum desastre de proporções gigantescas está para acontecer. Na casa do suspeito ele encontra um arquivo sobre os piores assassinos da história e um portal para os bodachs - indícios suficientes para Odd temer um assassinato em massa. Com a ajuda de um grupo de amigos, ele se lançará em uma corrida contra o tempo para salvar os habitantes.

   Não olhe para trás. Alguém perigoso pode estar seguindo seus passos, vigiando você... Pode ser um homem normal compelido a cometer um gesto desesperado... Pode ser um adorável cachorro vira-latas que não é o que parece... Pode ser um assassino profissional, acostumado a infligir as maiores atrocidades... Pode ser uma linda mulher com um passado de crimes e violência... Pode ser uma criatura estranha, resultado de um desvio genético... De um lado estão as vítimas inocentes. Do outro, os intrusos.

Esconderijo 
   A batalha feroz entre dois homens que voltaram do mundo dos mortos é narrada por Dean R. Koontz em seu mais sensacional e aterrorizante romance. Esconderijo é a história de Hatch Harrison, ressuscitado por um médico brilhante após o acidente que o deixou por mais de uma hora clinicamente morto. Ao obter uma segunda chance de viver, Hatch e sua mulher, Lindsey, passam a ter a cada dia uma apreciação mais profunda das belezas da vida – até que uma série de acontecimentos misteriosos e apavorantes os coloca face a face com o desconhecido. Quando as pessoas que os ofenderam começam a sofrer mortes violentas, Hatch e a mulher procuram desvendar o mistério ao longo de uma rota sombria e tortuosa que acaba por conduzi-los a um aterrorizante confronto com o Mal.

   O escritor de livros de mistério Marty Stillwater se considera um homem de sorte. Tem um casamento feliz, duas lindas filhas, dinheiro e uma carreira de sucesso. Tudo vai bem, até o dia em que um estranho invade sua casa para reclamar: “Você roubou minha mulher, minha vida e minhas filhas. Eu quero tudo de volta”. Alegando ser o verdadeiro Stillwater, o estranho decide eliminar o escritor e resgatar a família e a vida que ele acredita serem suas. Sem a proteção da polícia, que não leva a sério às ameaças, a família inicia uma fuga desesperada, sempre perseguida pelo estranho. Em seu romance, Dean R. Koontz opõe uma apaixonante família a um dos mais surpreendentes maníacos assassinos já criados, em uma trama de tensão crescente.

   Frank Pollard desperta em uma vila, sem lembrar-se de nada além de seu nome. Mas ele sabe perfeitamente que está correndo enorme perigo. Refugia-se num hotel e, mais de uma vez, acorda com as mãos manchadas de sangue. E, a casa noite que passa, encontra nas mãos e nos bolsos estranhos objetos aterrorizantes... A ajuda a Frank vem da dupla de detetives Bobby e Julie Dakota, que, por compaixão e curiosidade, concordam em ir até o fundo e desvendar essas misteriosas e amnésicas fugas. Mas, à medida que os Dakota começaram a descobrir para onde se dirige o seu cliente, eles são atraídos a reinos sombrios, onde uma sinistra figura...

Fantasmas
   Desde sua chegada a Snowfield, pequena e pacata estação de inverno, Jenny e sua jovem irmã Lisa sentiram uma impressão de calma estranha, sobrenatural. O primeiro cadáver que descobrem na casa é o de Hilda, a caseira. Os olhos arregalados de terror, a boca paralisada num grito, a carne negra e empolada. A casa vizinha está deserta, o jantar ainda quente na mesa, o estéreo toca uma sinfonia de Beethoven… Aterrorizadas, as duas jovens correm à padaria em busca de auxílio: sobre o balcão, duas mãos seguram pelas pontas um rolo de pastel. Duas mãos humanas, decepadas. Um calafrio percorre a espinha de Jenny e de Lisa. Oculto pelas trevas, alguém ou alguma coisa as espia.

Meia Noite
   Fatos estranhos se sucedem na pitoresca Moonlight Cove, um balneário idílico da costa norte da Califórnia, onde figuras sobrenaturais parecem saltar ao som de uma música noturna que só elas podem ouvir. Uma série de mortes inexplicáveis ocorre naquele pequeno paraíso, cujos habitantes guardam um segredo sombrio e aterrador. Quatro personagens numa corrida macabra para enfrentar as trevas que se abatem sobre um povoado, ameaçando todos aqueles que ousam se aproximar...

Estranhos 
   Eram 31 pessoas, desconhecidas entre si. Estavam no lugar errado, na hora errada. Viram o que não deveriam ver. Passaram pela mais incrível experiência de suas vidas e conheceram a mais extraordinária aventura já contada num romance de mistério e terror: uma ventura que parece apontar para o fim da humanidade, mas que realmente conduz a um mundo novo. O autor já vendeu mais de 35 milhões de exemplares no mundo inteiro.

12 comentários :

  1. infelizmente hoje em dia obras literarias de alto valor, são esquecidas por nossas editoras, preferindo assim lançar obras sem nenhum conteúdo.
    ótimo blog
    http://estantepolicial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Nunca li o autor, embora tenha vontade. E como o Helysson comentou acima as editoras não investem o bastante, muitos livros dele já estão fora de catálogo e os que ainda estão são caríssimos. Ótima postagem, vou tentar incluir esses livros em minhas futuras leituras!

    ResponderExcluir
  3. De todos esses livros só li "Odd Thomas", mas foi uma das maiores surpresas que tive em 2014. Uma leitura tensa, assustadora e complexa no emocional. Vou procurar os outros livros do escritor. Ótimo blog.

    ResponderExcluir
  4. Caramba nem conhecia o autor, mas gostei bastante de algumas sinopses, então ele vai para a lista para ver se gosto do estilo. Adoro livros com assassinatos e este cara parece ser muito bom nisso...

    http://www.conversandocomdragoes.com/

    ResponderExcluir
  5. Intrusos é uma paixão, Velocidade, Estranhos e Lágrimas do Dragão são excelentes.esconderijo achei-o meio arrastado. Detestei Sr Assassino. Comprei o livro por R$ 1,00 e me desfiz sem saber que era uma raridade. Odd Thomas só vi o filme e gostei, apesar de ser um estilo mais para o público adolescente. Fantasmas também vi só o filme e não curti muito. E meia Noite não conheço, mas está em minha lista.

    ResponderExcluir
  6. "A Casa" do Mal" é sem sombra de dúvida o grande livro do escritor na área do sobrenatural.

    ResponderExcluir
  7. Li todos, sendo o meu preferido "Estranhos". Quanto ao "Lágrimas do Dragão" não gostei mesmo, chegando ao ponto de nem terminar de lê-lo.

    ResponderExcluir
  8. Estou lendo O Guardião, parece ser muito bom, além de ser uma leitura tensa e envolvente! Incrível como ninguém mencionou este livro aqui e na está na sua lista dos dez melhores! O Guardião é tão ruim ou desconhecido assim?

    ResponderExcluir
  9. Basta o primeiro capítulo de Odd Thomas pra você perceber que é um autor especial. Infelizmente, editoras brasileiras só apostam em modinhas. Se trabalhassem Koontz decentemente, teriam um belo retorno.

    ResponderExcluir
  10. Acabei de ler "O Esconderijo" e ao longo do livro encontrei muitas referências que sublinhei e me fizeram pensar na psicologia de cada um. Também acho parecido com Stephen King mas menos aterrorizante e graças a deus porque não é bem o terror de que gosto. Sublinho o aspecto psicológico que me diz que o autor é uma pessoa muito informada, culta e sensível a cada tipo de demonstração humana. Fiquei com a ideia de que é um homem muito profundo, culto e sábio. Mas não tenciono ler mais livros dele porque o aspecto "terror" ocupa muito espaço no livro e a minha busca é mais do aspecto que leva ao terror, ao mal.

    ResponderExcluir
  11. Olha quem le os livros deste autor naõ se arrependerá, já li a maioria dos titulos e sempre muito bons

    ResponderExcluir
  12. Olha quem le os livros deste autor naõ se arrependerá, já li a maioria dos titulos e sempre muito bons

    ResponderExcluir