ÚLTIMAS NOTÍCIAS

3 de novembro de 2012

Resenha: Não Diga Nada - Andrew Klavan



"Se você gosta de suspenses inquietantes, Andrew Klavan é o melhor que se pode encontrar.”
                                                                              Tonny Hillerman


Sinopse:
No coração de Nova York, uma aventura de abalar os nervos. Num clima de autêntico pesadelo, somos forçados a nos esgueirar para dentro de vidas estranhas, cercadas por perigos silenciosos. A nos aventurarmos por um mundo alucinante de esquizofrênicos e assassinos, onde sempre há alguém à espreita, fazendo planos...


Opinião:
   Não Diga Nada é um thriller digno de Hitchcock que contém altas doses de suspense e tensão além de personificar o maior medo dos pais, o de ter seu filho sequestrado. Andrew Klavan é um autor de estilo forte e emocionante, consegue achar o ponto exato onde a emoção se une a empatia conquistando o leitor com seus personagens bastante marcantes.  Foi produzido um filme em 2001 baseado no livro, com Michael Douglas no papel do protagonista, que no Brasil foi chamado de Refém do Silêncio.
   O Dr. Nathan Conrad é conhecido como psicólogo dos ferrados por sua vontade de tomar para si casos difíceis e geralmente de pessoas que não podem pagar por sua ajuda. Um belo dia desse ele acorda, para o que seria mais um dia normal de trabalho, e descobre que sua filhinha, Jéssica, não está na sua cama e em nenhum lugar da casa. Logo ele descobre a porta escancarada com as correntes cortadas e o desespero toma conta de sua alma. Em seguida vem o telefonema. Um estranho do outro lado da linha diz que está em posse de Jéssica e que só vai liberá-la se o doutor fizer tudo exatamente como ele mandar e conseguir recuperar um número da cabeça de uma perigosa esquizofrênica que se recusa a falar com qualquer um. E o relógio começa a correr...
   As primeiras cem páginas do livro são uma de preparação para o que vai vir em frente, o autor as utiliza para descrever as origens de cada um dos personagens principais e formar lentamente uma teia de eventos que culmina no sequestro da criança que a primeira vista parece ser casual, mas que tem toda uma conspiração como plano de fundo. O foco do livro é na ação entrelaçada a uma pitada de mistério e o suspense crescente que aumenta a mesma velocidade que o tempo que o protagonista possui diminui.
     Não Diga Nada é um livro indicado para quem quer uma leitura sem compromisso, apenas uma bela diversão e algumas horas tensas que passam rápido como as páginas. 

Minha nota: ☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠ (10/10 Caveiras)

Um comentário :