ÚLTIMAS NOTÍCIAS

12 de outubro de 2012

Resenha: Ao Cair da Noite - Stephen King



Sinopse:
Em 'Ao Cair da Noite', de Stephen King, os mortos estão por toda parte, seja ouvindo música country em 'Willa', ou ligando para casa de um celular, como no conto 'The New York Times a Preços Promocionais Imperdíveis'. Em 'A Bicicleta Ergométrica', uma rotina de exercícios pode levar um homem a uma viagem inspiradora - e no fim das contas aterrorizante. Em 'As coisas que eles deixaram para trás', os pertences de mortos dos 11 de Setembro - uns óculos escuros em forma de coração, um taco de baseball, um cogumelo de cerâmica - começam a perseguir um sobrevivente atormentado pela culpa. No conto 'N.', o transtorno obsessivo-compulsivo de um indivíduo em contar um círculo de pedras é a única coisa que mantém a humanidade protegida do desconhecido. Em 'Mudo', um ressentido vendedor de livros ambulante dá carona para um mudo, sem saber que o homem silencioso no banco do carona escuta bem até demais. 'Ao Cair da Noite' traz, no total, 13 contos de terror.


Opinião:
   Ao Cair da Noite reúne após alguns anos novos contos do mestre Stephen King, são treze no total que mostram que a mente do mestre ainda está em boa forma para criações do gênero. As histórias do livro não possuem apenas uma temática, como é de se esperar pela capa que dá ênfase ao terror, alguns contos são assustadores e nos prendem em elevada tensão, outras são engraçadas e até nojentas, mas o que todas têm em comum é a diversão e o prazer da leitura.
   Willa abre o livro com sua simplicidade romântica comovente. David está na estação de trem aguardando para seguir viagem com vários outros passageiros, o veículo anterior no qual estavam descarrilou, porém sua noiva Willa não está lá. Com medo de que os outros vão embora sem ela, Dave vai até a cidade procurá-la e lá chegando se dá conta de sua real situação.
   A Corredora chega logo em seguida, sufocando e fazendo o leitor suar de tensão, uma história de uma mulher que após perder sua filha começa a correr para fugir da tristeza que a consome. Sentimentos transbordam pelas páginas, as dores da perda e da morte nos emocionam até tudo isso dar lugar ao ódio quando passamos a conhecer o seu novo vizinho e suas "sobrinhas".
   O Sonho de Harvey chega rápido e vai embora mais veloz ainda, causa uma sensação de dejà vu no leitor.  Quem nunca teve um pesadelo bastante real que acabou gritando e quando acordou a sensação de não...
   Posto de Parada é bastante divertido e engraçado e deixa aquela sensação de "E se fosse eu? O que faria?". Um homem resolve parar para ir ao banheiro, bastante apertado ele já antevê a sensação de alivio que terá ao se aliviar quando ao passar pela porta do banheiro feminino ouve uma discussão entre homem e mulher, presumivelmente um casal. Ouvindo que a situação estava cada vez mais tensa e perigosa começa a se perguntar se interfere ou apenas continua seu caminho em paz. Quando decide o que fazer as coisas ficam interessantes.
   A Bicicleta Ergométrica é um dos contos mais surreais do livro, dá para sentir o "cheiro" do mestre nesta história que só poderia ter sido criada por ele. Quando Richard leva um sermão de seu médico por estar com o colesterol alto ele resolve comprar uma bicicleta ergométrica para emagrecer, mas não antes de escutar uma teoria fascinante que o médico usou para descrever o seu problema. Quando chega em casa decide pintar na parede uma paisagem para apreciar enquanto estiver pedalando, porém quando percebe que a sua ilusão está ficando mais realista a cada dia as coisas já estão bastante adiantadas...
   As Coisas que Eles Deixaram para Trás é conto que fala sobre o 11 de Setembro e a seu resultado sobre a mente dos americanos, é bastante emocionante e tocante, dá para experimentar um pouco da dor daqueles que perderam seus entes queridos e daqueles que se salvaram da morte, mas não das lembranças...
   Tarde de Formatura traz a tona um medo americano desde a Guerra Fria talvez desde o fim da Segunda grande Guerra. Numa tarde normal as pessoas se divertem quando um grande acontecimento assustador pode ser presenciado do quintal. Pode acontecer em qualquer como o mestre disse.
   N. é o melhor conto do livro.  Assustador e contagiante ele invade a mente do leitor que se imagina no lugar dos protagonistas e sente seus medos e dúvidas. Para quem conhece Lovecraft sua influencia na história é visível, desde as imagens criadas por King ao nome Cthun uma criatura pavorosa. Não vou falar muito para não estragar a surpresa da história que por si só já vale o preço do livro.
   O Gato dos Infernos traz de volta o King da década de 80, cruel e com imagens horrendas assusta até o maior admirador dos gatinhos. Irresistível.
The New York Times a Preços Promocionais Imperdíveis vem logo em seguida e... Bem apenas uma pergunta: E se você recebesse a ligação de um ente querido que acabou de morrer?
   Mudo é um conto sagaz e divertido. Quando um motorista resolve dar carona a um homem que está segurando um cartaz que diz que ele é surdo e mudo vê uma ótima oportunidade para descarregar seus problemas e sua tensão contando-os ao estranho que ele acredita não ouvir e entender nada... Será mesmo?
   Ayana é bastante simples e fala basicamente da troca de ajuda, se hoje eu recebo auxilio, amanhã ajudo.
   No Maior Aperto fecha o livro com chave de ouro. Nojento com suas descrições detalhadas nos faz sentir na pele o que o protagonista sofre... Mas é bastante perturbador e se até um fã de Clive Barker como eu, acostumado a escatologia do autor, teve ânsias de vômito nesta história imagina alguém despreparado?
No final do livro há notas explicativas para cada conto, desde a inspiração a maneira que no mestre a escreveu. É um livro imperdível de se ler, não chega ser o melhor de contos do King, mas alcança um patamar elevado entre os lançamentos do gênero nos últimos anos. 

Minha nota: ☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠ (10/10 Caveiras) 

Um comentário :

  1. Essas Resenhas me deixam fascinado. Se você tivesse criatividade para bolar Estórias, poderia escrever um livro, pois escreve bem e claramente. Acho que o Primeiro Livro que contos que comprarei será Sombras da Noite, mas ainda quero ler esse.

    ResponderExcluir