Últimas Notícias

6/recent/ticker-posts

Shirley Jackson Awards 2020 | Confira a lista completa de vencedores da premiação


O Shirley Jackson Awards foi criado em reconhecimento ao legado da autora de A Assombração na Casa da Colina e Sempre Vivemos no Castelo, e é uma premiação concedida as obras que mais se destacaram no ano nos gêneros do terror, suspense psicológico e fantasia sombria. Os prêmios são votados por um júri de escritores, editores, críticos e acadêmicos nas seguintes categorias: Romance, Novela, Noveleta, Conto, Coletânea de Contos e Antologia. Confira os vencedores do Shirley Jackson Awards 2020:

Melhor Romance
The Only Good Indians de Stephen Graham Jones
Combinando terror clássico com uma narrativa dramática cheia de críticas sociais, The Only Good Indians, segue a história de quatro índios americanos após um evento perturbador em sua juventude que os coloca em uma luta desesperada pela sobrevivência. Caçados por uma entidade determinada a ter sua vingança, os amigos de infância estão desamparados, enquanto a cultura e as tradições que deixaram para trás os alcançam de forma violenta e vingativa.

Outros Indicados
Sisters de Daisy Johnson 
Death in Her Hands de Ottessa Moshfegh
Gótico Mexicano de Silvia Moreno-Garcia
Plain Bad Heroines de Emily M. Danforth 
True Story de Kate Reed Petty 

Melhor Novela
Night of the Mannequins de Stephen Graham Jones
Em Night of the Mannequins, uma história de terror contemporânea, uma pegadinha adolescente dá muito errado e o inferno se abre: a origem do horror é sobrenatural ou há alguma psicopata à solta? Ou ambos? Assustar os amigos com um manequim é uma diversão inofensiva até que ele acorde e comece a matar todo mundo.

Outros Indicados
The Best of Both Worlds de S. P. Miskowski 
History of an Executioner de Clancy McGilligan
Ring Shout de P. Djèlí Clark
Agatha’s Barn: A Carpenter’s Farm Story de Michael Bailey
Her Mad Song de C. J. Halbard

Melhor Noveleta
The Attic Tragedy de J. Ashley-Smith
Sylvie nunca os chamou de fantasmas, mas é o que eles são - não que George os tivesse visto pessoalmente. A recém chegada, Sylvie,  parece vir de outra época, com sua bolsa de couro antiquada, suas luvas de algodão branco e sua cabeça nas nuvens. George a observa vagar pelos limites dos campos de jogos da escola, guiada por vozes inaudíveis. Quando George defende Sylvie, derrotando Tommy Payne e sua gangue, isso os aproxima; embora não tão próximos quanto George gostaria. No sótão da loja de antiguidades do pai de Sylvie, as cicatrizes de George serão reveladas e seus desejos os levarão a uma tragédia tão velada e inevitável quanto os fantasmas sussurrantes de Sylvie.

Outros Indicados
“I Will Find You, Even in the Dark” de Jessica Landry (Dim Shores Presents Vol. 1)
Many Restless Concerns: The Victims of Countess Bathory Speak in Chorus de Gayle Brandeis 
Faith de Sayaka Murata (Granta)
“Heritage Hill” de Matthew R. Davis (Outback Horrors Down Under)
“Pale Toes” de Marko Hautala (The Valancourt Book of World Horror Stories)
“Señor Ligotti” de Bernardo Esquinca (The Valancourt Book of World Horror Stories)

Melhor Conto
“Not the Man I Married” de R. A. Busby (Black Petals Issue #93)

Outros Indicados
“Holes” de R.A. Busby (Graveyard Smash:  Women of Horror Anthology Vol.2)
Graceful Burdens de Roxane Gay 
“Isn’t Your Daughter Such a Doll” de Tobi Ogundiran (Shoreline of Infinity 18)
“Room and Board Included, Demonology Extra” de Eden Royce (Broken Eye Books)
“The Memory Game” de Franki Haber (The Gravity of the Thing)

Melhor Coletânea de Contos
Velocities: Stories de Kathe Koja

Outros Indicados
Settling the World: Selected Stories de M. John Harrison 
Mannequin and Wife de Jen Fawkes 
Thin Places de Kay Chronister
Moonflower, Nightshade, All the Hours of the Day de JD Scott 
Aftermath of an Industrial Accident: Stories de Mike Allen

Melhor Antologia
Black Cranes: Tales of Unquiet Women, ed. por Geneve Flynn & Lee Murray
Olhos amendoados celestiais, a filha devotada, a esposa perfeita. Quieta, submissa, recatada. Em Black Cranes, escritoras de terror do sudeste asiático abraçam e rejeitam esses papéis tradicionais em uma coleção única de histórias que dissecam suas experiências de "alteridade", seja na cor de sua pele, no ângulo de suas maçãs do rosto, nas coisas que ousam escrever ou nos lugares que criaram para si no mundo.

Outros Indicados
After Sundown, editado por Mark Morris
Black Cranes: Tales of Unquiet Women, editado por Lee Murray e Geneve Flynn
Miscreations: Gods, Monstrosities & Other Horrors, editado por Doug Murano e Michael Bailey
The Night Bazaar Venice, editado por Lenore Hart
Lullabies for Suffering: Tales of Addiction Horror, editado por Mark Matthews
Shadows & Tall Trees, Vol. 8, editado por Michael Kelly
Tiny Nightmares, editado por Lincoln Michel e Nadxieli Nieto

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Olá! Eu amo livros de terror e não acredito que só hoje encontrei este site. Estou procurando algum livro pra ler. Vou dar uma olhada e ver suas reviews.
    Abraços!

    ResponderExcluir