Últimas Notícias

6/recent/ticker-posts

Resenha | Cilada de Harlan Coben


Harlan Coben é um nome, que para mim alcançou aquele patamar que antigamente eu relegava apenas ao mestre Stephen King, só seu nome na capa já é uma qualificação para uma trama cheia de suspense e ação. Demorei muito para ler alguma coisa do autor, o primeiro livro que parou em minhas mãos foi Não Conte A Ninguém, e Cilada já é minha quarta leitura dele em menos de um mês. 

Influenciado pela grandiosa massa de leitores que desferem a torto e direito elogios à obra de Coben, acabei descobrindo o mestre do suspense. O estilo do autor é bem característico e pessoal, une tramas rápidas e ágeis a enredos inteligentes, com reviravoltas magnificas e impressionantes. Seus personagens são criativos, possuem personalidades próprias e refletem as ações e pensamentos do leitor. Porém o mais interessante é o universo criado pelo autor no qual personagens de diferentes livros transitam e fazem pequenas aparições especiais. Adoro isso.

Cilada é um daqueles livros que possuem o leitor com a sede insaciável de ler apenas mais um trecho antes de dormir, é preciso muito fôlego para acompanhar a trama que cresce de forma brilhante tanto em emoção e suspense como ação, à medida que o enredo se desenrola. Harlan Coben faz sucesso, pois retrata os crimes e assassinatos tão cruéis e sanguinários inerentes ao romances policiais com um tato raro, trazendo o cenário monstruoso das ruas para a casa do americano de classe média, com o tipo de história que poderia acontecer com o seu vizinho ou até mesmo com você. 

Unindo mistérios a excelentes diálogos, Coben transforma situações com tendência a ser tediosas, como uma batalha judicial no fórum, em hábeis e ferinas críticas a sociedade e sua composição. É difícil definir o assunto que o livro aborda, pois o autor não segue apenas uma linha de pensamento e desenvolve várias subtramas que se auto explicam formando o grande retalho final. 

Cilada por exemplo explora sobre a pedofilia e o desaparecimento de menores, além das facetas usuais a influencia da mídia em geral no tema é bem enunciada, os jornalistas para conseguir audiência não se preocupam com a imagem dos acusados ou mesmo com a família desesperada em sua busca pelo ente querido, apenas querem espremer o máximo daquele assunto até que se esgote ou surja algo novo. 

Outros dois aspectos interessantes de Harlan Coben é a capacidade de alterar toda a trama da história até o último ponto final, o desfecho da última pagina pode mudar o rumo todo do livro e não se pode concluir nada com certeza até que a ultima linha seja lida. Seus personagens são abertos, mas ao mesmo tempo ambíguos, é impossível para o leitor saber com antecedência se o protagonista está falando a verdade ou está omitindo alguma informação. 

Enfim, Cilada é um livro super indicado para fãs de um bom suspense carregado de surpresas e emoções. Não quero falar sobre o enredo e acabar revelando alguma passagem, a sinopse por si mesma já dá todos os detalhes iniciais pertinentes ao embarcar na leitura. Em poucas páginas Harlan Coben já conseguiu mais um fã. Boa Leitura!

   Cilada (2010) | Ficha Técnica 
   Título original: Caught (2010)
    Autor: Harlan Coben 
   Tradutor: Marcelo Mendes
   Editora: Sextante
   Páginas: 272 páginas
   CompreAmazon
   Nota: ☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠ (10/10 Caveiras)

Postar um comentário

4 Comentários

  1. Gosto do Coben, mas ainda não li Cilada. Vou colocá-lo na lista.
    Obrigado pela resenha!!!

    ResponderExcluir
  2. "Não se pode concluir nada com certeza até que a última linha seja lida." Resumiu o que é Harlan Coben!
    E quando essa última linha é lida, toda a história passa em retrospectiva em um piscar de olhos, os xis são revelados e vc pensa: "meu deus! como não pensei nisso antes?!" As vezes imagino o Harlan saindo do livro e dizendo: - HAHA vc acreditou mesmo na história de A e B?! PEGADINHA DO MALANDRO!
    É, Harlan sabe enganar. Sempre tem uma carta a mais na manga... e mesmo eu sabendo disso, sempre erro nas revelações :x

    Enfim, essa resenha só aumentou minha vontade ler Cilada
    #partiu #assaltar #saraiva -q

    ResponderExcluir
  3. Coben é um dos meus autores preferidos. Já tenho quase todos os livros dele e amo as histórias do Myron, é um personagem muito cativante.

    ResponderExcluir