Resenha | Trilogia Da Escuridão: Noite Eterna de Guillermo del Toro e Chuck Hogan - Biblioteca do Terror

Biblioteca do Terror

O maior e mais completo site brasileiro sobre literatura de terror!

Resenha | Trilogia Da Escuridão: Noite Eterna de Guillermo del Toro e Chuck Hogan

Share This

Noite Eterna traz consigo o desfecho final da saga da Trilogia da Escuridão produto da união das mentes de Guillermo Del Toro e Chuck Hogan. Iniciada de maneira fantástica pelo livro Noturno, a série narra uma poderosa epidemia que transforma seres humanos em vampiros que se alastra de maneira assustadora pelo mundo. 

Sua continuação A Queda mostra o fim do mundo em si, com a sociedade se partindo a partir da base e uma nova ordem social se formando através das nefastas mãos do Mestre, um ser primordial que está controlando e coordenando os milhares de vampiros existentes. Em meio a tropeços e boas cenas o livro funciona bem como ponte entre seu antecessor e sucessor mostrando a raiz de tudo o que acontecerá em Noite Eterna. O desfecho da trilogia se mostra o melhor possível, impressionando até o mais empedernido leitor.

O clima do livro é bastante pesado. O mundo todo está destruindo e a esperança não passa de um casaco esfarrapado cujos pequenos fios que restam estão sendo roídos lenta mas insistentemente pelas traças, que na metáfora se transformam em vampiros. 

Dois anos se passam após o dramático desfecho de A Queda, e o que o leitor reencontra dos protagonistas é apenas um pálido reflexo fantasmagórico do que já foram antigamente, as mortes de entes queridos teve um grande peso no emocional de todos além da consciência crescer uma tonelada com as montanhas de cadáveres de vampiros exterminados. A sensação que permeia as páginas iniciais é quase sufocante, uma desolação tão grande que o único fim imaginável a transformação de todos em sugadores de sangue.

Como os outros volumes, Noite Eterna divide sua narrativa entre o presente e o passado. Desta vez narrando os primeiros anos de Quinlan, o assistente vampiro dos que faziam oposição ao mestre, na história terá papel importantíssimo com relação ao Occido Lumen.

Todo o mistério envolvendo a história deste livro é finalmente revelado, alguns poderão ficar frustrados com a nova abordagem dos autores do mito, mas eu em particularmente gostei, foi uma mudança radical, mas que agradará aos fãs do horror dos anos oitenta. É pouco diferente dos volumes anteriores, a abordagem mudou passando de científica para religiosa, quase mística. Foi estranho, mas os autores conseguiram fazer funcionar.

A conclusão é épica. Destruição, lágrimas, sangue, dor, glória... Todos os elementos de um bom e velho livro de vampiros são encontrados aqui. Você não irá sentir medo, ao contrário o que os escritores buscam é uma espécie de horror mais primitivo, aquele que aliado à empatia nos faz sofrer as piores atrocidades ao lado dos protagonistas. E isso é feito com perfeição. Trilogia da Escuridão é uma série indicada a todos os fãs de vampiros, sejam eles os tradicionais "capa preta" góticos ou os sugadores de sangue mais modernos.

   Noite Eterna (2012) | Ficha Técnica 
   Título original: The Night Eternal (2011)
   Autores: Guillermo Del Toro e Chuck Hogan
   Tradutores: Paulo Reis e Sergio Moraes Rego
   Editora: Rocco
   Páginas: 416 páginas
   CompreAmazon
   Nota: ☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠ (10/10 Caveiras)

Um comentário:

  1. Essa trilogia é maravilhosa... Modernizaram o mito vampírico sem deformá-lo, ainda mantendo certo misticismo... Bela postagem e belo blog... Escrevi há tempos atrás uma postagem sobre esta trilogia no meu blog (http://gavetadbagunca.blogspot.com.br/2013/08/guilhermo-del-toro-e-chuck-hogan.html). Dá uma passada lá... Abraços e continue o ótimo trabalho...

    ResponderExcluir

Pages