Resenha | Trilogia da Escuridão: A Queda de Guillermo Del Toro e Chuck Hogan - Biblioteca do Terror

Biblioteca do Terror

O maior e mais completo site brasileiro sobre literatura de terror!

Resenha | Trilogia da Escuridão: A Queda de Guillermo Del Toro e Chuck Hogan

Share This

Noturno, o primeiro volume da Trilogia da Escuridão, surgiu no esteio da popularidade das histórias de vampiros, época em que romances juvenis inundaram as estantes de livrarias e leitores pelo mundo. Seu sucesso se deu pela forma como os autores recriaram o mito do vampirismo, ao invés de arrancar as raízes da árvore vampírica e dar uma nova origem aos vampiros, Del Toro e Hogan adicionaram ramificações científicas e trouxeram a lenda para os dias de hoje. 

A Queda é a continuação direta de Noturno, de modo que se você está lendo isso provavelmente já leu o seu antecessor e está familiarizado com essa nova "família" de vampiros, mas se ainda não leu, recomendo que siga a ordem cronológica correta dos livros: Noturno seguido de A Queda e o por último Noite Eterna.

Os vampiros de A Queda são macabros, seres sem nenhuma beleza ou elementos atrativos, movidos apenas por sua sede de sangue que nubla qualquer pensamento racional. O vampirismo na obra é encarado como uma doença viral e o ser humano é apenas um simples hospedeiro responsável por conseguir comida para seu parasita, um verme branco que uma vez inserido na pele seja através da alimentação de um vampiro ou contato direto com a corrente sanguínea através de uma ferida. 

Outro aspecto evolutivo que os vampiros apresentam em relação à mitologia comum é o desenvolvimento de uma espécie de ferrão retrátil embaixo da língua do hospedeiro que serve tanto para a alimentação quanto para a multiplicação da espécie, esse ferrão em alguns casos pode chegar a medir mais de seis metros de comprimento.

A estória do livro continua exatamente de onde o primeiro parou. Após a fracassada tentativa de deter o Mestre em seu plano de dominação mundial, os protagonistas, o Dr. Ephraim Goodweather, o professor Abraham Setrakian e o exterminador Vasiliy Fet voltam para seu esconderijo abatidos tentando planejar seu próximo passo. 

Enquanto isso, um debilitado Mestre coloca para funcionar a ultima fase de seus planos que fará com que a humanidade sofra a sua inexorável queda na cadeia alimentar do planeta. Com a inserção de novos personagens, a trama avança rapidamente, os autores conseguiram a combinação perfeita entre a tensão e a ação que se unem se dividem em meio aos capítulos que possuem a aparência de uma série de televisão.

Como em Noturno, a narrativa em A Queda é cheia de flashbacks protagonizados por Setrakian que desta vez está em busca de vingança pela dor sofrida nos campos de concentração controlados por vampiros nazistas. E também por trechos do diário de Ephraim e as explicações do blog de Vasily que juntas se tornam uma fonte de saber indispensável para entender o rumo da história. 

Essas interrupções no enredo são inseridas em momentos estratégicos que ao invés de interromper o ritmo da leitura dão valor a essas cenas e suas continuações. Em comparação com o primeiro volume, A Queda é um livro muito mais sombrio pois trata do fim da humanidade e de como a esperança se torna um ideal mais escorregadio a cada noite que passa. Os pilares para o final da Trilogia da Escuridão tomam forma em A Queda e vingança e redenção deverão ser ideias presentes no ultimo volume. 

O final deste livro mostra que ainda há muita coisa para acontecer e que a luz no fim do túnel ainda está muito, muito distante e que há um bom trecho imerso em escuridão para ser percorrido... Por isso pegue seu marcador de páginas de prata e vamos à leitura de A Noite Eterna. 

   A Queda (2010) | Ficha Técnica 
   Título original: The Fall (2010)
   Autores: Guillermo Del Toro e Chuck Hogan
   Tradutores: Paulo Reis e Sergio Moraes Rego
   Editora: Rocco
   Páginas: 352 páginas
   Compre: Amazon
   Nota: ☠☠☠☠☠☠☠☠☠ (9/10 Caveiras)

3 comentários:

  1. Olá Rafa,

    já li Noturno, e foi na mesma época da epidemia de livros sobre vampiros. Gostei bastante da história, apesar de não ter sido um livro fácil e tranquilo de ser lido para mim. A maneira que os autores abordaram o tema de vampiros foi original, de certa maneira, fugindo daquela ideia de vampiros bonzinhos e "bonitinhos". Tenho vontade de ler A queda, mas não sei quando vou ler.

    Abraço
    Lucas
    ondeviveafantasia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá Rafa!
    Sou uma super fã do Guillermo del Toro desde que vi seu filme O Labirinto do Fauno, que não me canso de ver, e agora tenho uma grande surpresa ao descobrir, acredite, que ele possui livros também! Foi uma enorme surpresa boa, pena que não são muito baratos, mas vou tentar lê-los daqui a um tempo (na minha estante tem um bocado de livros esperando serem abertos...).
    Até a próxima!

    ResponderExcluir
  3. Olá, Bom Dia!
    Li O Noturno em dois dias, livro muito bom, empolgante, não consegui fazer nada a não ser ler o livro desde a hora que comecei. Enfatizando MUITO BOM! Só de se saber que o Guillermo Del Toro estava envolvido, ja vi que seria de tirar o fôlego. Estou procurando o download de A Queda, porem não encontro em lugar nenhum... como moro no interior, é complicado a compra de livros, certamente irei comprar pela internet. Estou empolgadíssimo!

    ResponderExcluir

Pages