Resenha: Narrativas do Medo de Vitor Abdala - Biblioteca do Terror

Biblioteca do Terror

O maior e mais completo site brasileiro sobre literatura de terror!

18 de dezembro de 2017

Resenha: Narrativas do Medo de Vitor Abdala

   Narrativas do Medo é o livro de terror nacional mais importante dos últimos tempos, não apenas por reunir dezoito dos principais autores brasileiros de horror da atualidade, mas também por ilustrar com perfeição a evolução e a qualidade do gênero no Brasil.

   Nos últimos anos uma nova geração de autores emergiu das sombras para revitalizar e desbravar os limites do terror nacional, buscando inspiração nas tradições e no folclore criaram terrores e pesadelos autenticamente brasileiros, conseguindo assombrar uma legião de leitores e atrair olhares de grandes editoras.

   São esses escritores que compõe as Narrativas do Medo, coletânea, organizada por Vitor Abdala e publicada pelo selo Neblina Negra da editora Autografia, que oferece um grande panorama do terror brasileiro, com ambientações que vão desde as geladas e sombrias cidadezinhas do sul até o assombrado sertão nordestino. Para aguçar ainda mais a sua curiosidade, segue uma pequena descrição sobre cada um dos dezenove contos que formam a coletânea:

   Tocada pelo Inimigo de Rô Mierling, autora de Diário de uma Escrava, abre o livro com uma história sobrenatural de possessão com uma reviravolta arrepiante. Em Sete Cordas, Márcio  Benjamin, autor de Maldito Sertão e Fome, cria uma demoníaca aventura sobre um violeiro nordestino e um pacto maldito. Cesar Bravo, autor de Ultra Carnem e Calafrios da Noite, discute sobre culpa e danação no sangrento Agouro.

   Em Gás Lacrimogênio de Vitor Abdala, autor de Tânatos e Macabra Mente, um gás fora do prazo de validade transforma uma manifestação pacífica em um confronto violento, com o bônus de um final surpreendente. Geraldo de Fraga, autor de Histórias que nos Sangram, mergulha na mitologia chinesa para trazer à vida uma criatura sobrenatural em pleno Recife. Duda Falcão, autor de Mausoléu e Comboio de Espectros, explora o horror cósmico no misterioso e macabro Necrochorume.

   Daniel Pires, do projeto Lenda Urbana, se baseia nos próprios mitos urbanos para criar uma verossímil e arrepiante história de assombração. Em O Velho Doria, Marcus Barcelos, autor de O Horror na Colina Darrington, explora o nosso fascínio pelo sobrenatural através da reinvenção de uma clássica lenda urbana. Rodrigo Ramos, um dos autores de Medo de Palhaço, dá vida a uma assustadora criatura do nosso folclore no sinistro Penitência.

   Filhos do Escuro de Hedjan C. S., autor que já participou de várias coletâneas, entre elas, Tratado Oculto do Horror, tece uma fantasmagórica narrativa de vingança e horror. Em Soturno, Marcos DeBritto, autor de À Sombra da Lua e O Escravo de Capela, mostra seu talento como poeta em uma bela homenagem à Edgar Allan Poe. Enquanto Alexandre Callari, autor de Apocalipse Zumbi, homenageia Stephen King no divertido e sombrio, Malditos Palhaços.

   Aquela que Espreita de Alfer Medeiros, autor de Fúria Lupina, explora a visceral e assustadora relação entre um homem  e uma... Paul Richard Ugo, autor de Contos de Alguns Lugares, revive os horrores da Segunda Guerra Mundial, no sangrento e impressionante Pesadelo em Sachsenhausen. O Balanço da Velha Árvore de Ademir Pascale, autor de O Desejo de Lilith e Caçadores de Demônios, apresenta uma curta e nostálgica história de fantasmas.

   Flávio Karras, autor com contos publicados em coletâneas como Avenida Murkinesse 666, cria uma fantástica e divertida narrativa protagonizada pela Morte. Petter Baiestorf, fundador da Canibal Filmes, espalha vísceras e sangue no gore Mundo em Fúria. Em Sobreviventes, Melvin Menoviks, autor de A Caixa de Natasha e Outras Histórias de Horror, visita as ruínas de um mundo destruído para narrar uma comovente e arrepiante história sobre família. E como bônus, surge o enigmático Ela Vem de Francisco Vercada, publicado in memoriam.

   Narrativas do Medo traz em suas páginas excelentes e arrepiantes histórias, a união dos mais diversos estilos e vozes narrativas torna a leitura deliciosa e indispensável para todo o fã do gênero. Se você ainda não conhece a ótima safra atual da literatura de terror brasileira, esta é a obra perfeita para adentrar neste mundo sobrenatural.

  Narrativas do Medo | Ficha Técnica 
    ISBN: 978-85-62359-53-8
    Organizador: Vitor Abdala
    Editora: Autografia (Selo Neblina Negra)
    Páginas: 200
   Gênero: Terror (Contos)
    Nota:  ☠ ☠ ☠ ☠ ☠ ☠ ☠ ☠ ☠ ☠ (10/10 Caveiras)

3 comentários:

  1. Maravilha! Muito obrigado pela resenha! Que bom que curtiu!

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado pela resenha, meu caro! Tenho muito orgulho desse projeto, e ver as pessoas elogiando e curtindo nosso livro é uma satisfação imensa acompanhada daquela gostosa sensação de dever cumprido! Feliz 2018 pra galera da Biblioteca do Terror!

    ResponderExcluir