Header Ads

Lugar Sombrio | Detalhes sobre o novo livro de Ed & Lorraine Warren no Brasil

   E a Darkside Books tornou oficial o lançamento de Lugar Sombrio, livro que narra a participação do casal Warren no famoso caso do Exorcismo de Connecticut, uma obra bastante controversa, escrita por Ray Garton em "colaboração" com o casal "assombrado" Carmen Reed e Al Snedeker. Pesquisando sobre o livro encontrei algumas matérias e entrevistas do autor, Ray Garton, que datam da época do lançamento do filme Evocando Espíritos de Peter Cornwell, que gerou polêmica após afirmar que a maioria do livro é ficção (você pode ler a entrevista na íntegra, em inglês, aqui) e isto gera uma ótima discussão. Qual o limite de uma história de não-ficção? Ou das histórias baseadas em fatos reais?

    Sempre acompanho as opiniões dos leitores sobre os livros que são resenhados por aqui e é interessante notar que há uma expressiva preferência por livros de não-ficção "romanceados", como por exemplo Amityville de Jay Anson, do que os que trazem um texto menos "amigável", porém mais fiel a realidade, como Exorcismo de Thomas B. Allen e 1977: Enfield de Guy Lyon Playfair. Demonologistas de Gerald Brittle ao que parece se encontra em um limbo entre esses dois extremos, em sua entrevista Ray Garton destaca que ele foi contratado para escrever a estória exatamente por ser um autor de terror, ou seja, desde o início a obra estava programada para ser um livro de terror. 

   Diferente de Guy Lyon Playfair, que esteve presente em Enfield durante os acontecimentos e escreve os fatos sem embelezá-los, Ray Garton nunca teve contato com a casa dos Snedekers e assim como Jay Anson, escreveu Lugar Sombrio anos depois dos acontecimentos reais, baseado principalmente no relato das pessoas envolvidas. No livro Invocadores do Mal de Cheryl A. Wicks, Ed Warren entrevista George Lutz sobre a verdadeira estória de Amityville e o envolvimento de Jay Anson, segundo ele houve pouca troca de informação entre a família e Anson, que baseou muitas partes do livro nas notícias de jornais da época. 

   Ray Garton questionou a veracidade dos fatos que lhe foram apresentados, seus principais pontos estavam na questão de que os Snedekers contavam versões diferentes do acontecido; nos Warren que prometeram mostrar uma gravação em vídeo da manifestação sobrenatural, mas que depois disseram ter perdido a fita; na impossibilidade de ter acesso à casa, já que os novos moradores não queriam ter nenhuma ligação com a "história" afirmando que jamais haviam presenciado nada de estranho na casa (os Warren disseram que isso é por causa do exorcismo que expulsou as energias malignas do local) e principalmente pelo fato de que todos na vizinhança sabiam que aquela casa havia sido uma funerária, então é praticamente impossível que alguém se mudasse para o local sem saber do fato.

   Independente disso, Lugar Sombrio é uma das histórias dos Warren que eu estava mais ansioso para ler, já que reconhecidamente é uma de suas aventuras mais assustadoras, ainda mais sendo escrita por Ray Garton, um nome reconhecido dentro gênero que recebeu em 2006 a honraria de Grand Master of Horror Award, concedida também a nomes como Stephen King, Clive Barker, Dean Koontz, Robert Bloch e Richard Matheson, mas desta vez embarco na leitura com o pensamento de que estou lendo um livro de ficção. Lugar Sombrio chega às livrarias brasileiras na primeira semana de setembro. 

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Oi Rafael, cheguei até este site porque acabei de comprar Lugar Sombrio, e saí pesquisando sobre o livro para saber mais. Li seu texto e fiquei bastante intrigado quando você diz: "desta vez embarco na leitura com o pensamento de que estou lendo um livro de ficção". Então eu cliquei no link no início do texto e li toda a entrevista com o autor, e fiquei ainda mais intrigado com tudo o que ele diz. Estou terminando de ler o livro escrito por Gerald Brittle - Demonologistas. Este que é um livro de não-ficção sem dúvida, no qual o próprio Ed Warren explica quase que cientificamente como se dá o fenômeno das aparições e outros fenômenos sobrenaturais. Muito bom e muito interessante esse primeiro. Neste segundo livro, no entanto, parece que teremos um livro de ficção e no mínimo polêmico e controverso. Gostei muito do seu texto, e obrigado por disponibilizar o link da entrevista com o autor deste novo livro que já estou muito ansioso para ler. De fato eu comprei este segundo livro esperando uma obra de não-ficção, porém, não estou nem um pouco arrependido, pois assim como o livro, os famosos filmes dirigidos por James Wan me agradaram muito, e não são documentários como nós sabemos, são ficção baseada e casos dos Warren. Além do mais, como você destaca em seu texto, o autor deste novo livro é reconhecido e aclamado dentro do gênero, o que me tranquilizou muito devo confessar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. viu gostaria de perguntar a vc se esse livro mostra apenas essa historia de connect cut ou conta mais historias

      Excluir

Tecnologia do Blogger.