Header Ads

A Coleção Clássica de Ficção Científica da GRD

  Uma das grandes metas do Biblioteca do Terror é trazer de volta ao leitores coleções de livros antigas, reacender a chama da curiosidade e fazer com que aqueles livros que estão acumulando poeira nas estantes de bibliotecas públicas sejam lidos novamente. Nesta nova etapa do blog quero trazer mais resenhas e listas daquelas coleções que são difíceis de encontrar  informações online  e é com a clássica coleção de Ficção Científica da editora GRD que começarei esse trabalho. O foco será principalmente no trabalho dos autores nacionais, a famosa "geração GRD", com nomes como Dinah Silveira Queiroz, Fausto Cunha, Jerônymo Monteiro e Rubens Teixeira Scavone. 
   Não falarei sobre a história da GRD, meu foco serão especificamente os livros e seu conteúdo, mas se você tiver interesse em saber indico a leitura do artigo A Controvertida Trajetória das Edições GRD: Entre Publicações Nacionalistas de Direita e o Pioneirismo da Ficção Científica no Brasil de Rodrigo Christofoletti (Disponível aqui) e a fantástica tese de Roberto de Sousa Causo, Ondas nas Praias de um Mundo Sombrio: New Wave e Cyberpunk no Brasil (Disponível aqui). E neste primeiro post uma lista com as publicações que compõe a Coleção Clássica de Ficção Científica da GRD:

1 – Além do planeta silencioso de C. S. Lewis [Romance] (1958)

   Viajando com Ramson para além do planeta silencioso conhecerá Malacandra um mundo diferente de tudo o que pode imaginar.

2 – Eles herdarão a Terra de Dinah Silveira de Queiroz [Coletânea] (1960)
   Coletânea com as seguintes estórias: “A universidade marciana”, “O Carioca”, “Eles herdarão a Terra”, “ Partido Nacional” e “A mão direita”.

3 – As negras crateras da Lua de Robert Heinlein (1960)
  "The Greens Hills of Earth". Coleção de histórias curtas. Época: século XXI. Local: a Lua e a imensidão sideral. Personagens: homens e mulheres desbravando o espaço cósmico, e vivendo os grandes dias da exploração do Sistema Solar. 

4 – As noites marcianas de Fausto Cunha [Coletânea] (1960)
   Coletânea com as seguintes estórias: “Viagem sentimental de um jovem marciano ao planeta Terra”, “ Chamaram-me monstro”, “61 Cygni”, “Regresso”, “Cai uma folha em setembro”, “Stella matutina”, “O anzol e os peixes”, “O dia que já passou”, “Mobile”, “A vela que o mundo apagou”.

5 – Depois da catástrofe de Harold Mead [Romance] (1961)


6 – Antologia Brasileira de Ficção Científica [Antologia] (1961)
  Antologia com as seguintes estórias: “O Começo do Fim”, de André Carneiro, “O Menino e a Máquina”, de Antônio Olinto, “O Estranho Mundo”, de Clóvis Garcia, “A Ficcionista”, de Dinah Silveira de Queiroz, “Último Vôo para Marte”, de Fausto Cunha, “Estação Espacial Alfa”, de Jerônimo Monteiro, “A Ficção Científica Como Fantasia Pura ou a Vingança de Dom Quixote”, de João Camilo de Oliveira Tôrres, “Correio Sideral”, de Lúcia Benedetti, “As Cinzentas Planícies da Lua”, de Rubens Teixeira Scavone, “O Verbo”, de Zora Seljan.

7 - Cidade de Clifford Simak [Romance] (1961)
   Uma história fabulosa da família webster, através de 10.000 anos de vida. A decadência e queda das grandes cidades, civilização dual de homens e cães, a filosofia de Juwain e a presença de Jenkins, o autômato que atravessava os séculos e as fronteiras dos mundos dimensionais. 

8 – Fuga para parte alguma de Jerônymo Monteiro [Romance]  (1961)
   O homem, na plenitude de sua capacidade técnica, dono de uma extraordinária civilização, teve de enfrentar, repentinamente, o menor e mais ativo dos inimigos: a formiga. E o combate foi travado em todos os setores e em todos os momentos, incansavelmente. As grandes cidades, as usinas atômicas, as fabulosas estradas intercontinentais, tudo ruía e se convertia em escombros. Milhões e milhões de homens eram devorados de modo inexorável. Mas os sobreviventes lutavam... para quê? Haveria possibilidade de fugir para alguma parte?

9 – Os mutantes, John Windham [Romance]  (1961)
   Há muitos anos, no século XX talvez, uma catástrofe terrível caiu sobre o mundo. Viam-se ainda as cidades negras, arrasadas - (e as Terras Devastadas) onde nenhuma planta medrava. Mas na aldeia onde vivia o jovem David Strorm, os homens tentavam reconstruir a civilização desaparecida. Era uma época de árduo trabalho nos campos, e intenso terror à noite - quando grupos sinistros vinham da região das Fímbrias para atacar.
   Havia muitas coisas que o jovem David não podia compreender: as plantas e animais de formas estranhas, que nasciam de sementes e outros animais aparentemente perfeitos; as crianças que nasciam e desapareciam sem que ninguém mais falasse delas; a lei que mandava caçar e matar os Mutantes, como uma abominação... Este livro é a história da humanidade que sobreviveu à destruição de nossa civilização e dos seres que surgiram para construir um mundo inteiramente novo - os Mutantes.

10 – Diálogo dos mundos de Rubens Teixeira Scavone [Coletânea] (1961)
   "Um grupo de cientistas consegue uma comunicação com um planeta remoto. Talvez mensagem de outra humanidade. Qual será a resposta da Terra? Num satélite distante, engastado nos anéis de Saturno, uma astronauta terrestre procura uma lembrança para sua amada; Um menino e um robô brincam e dialogam de braços dados, transformando-se a máquina num verdadeiro anjo da guarda cibernético; Sete sábios chegam ao termo de uma fantástica aventura cósmica. Nos momentos finais, encontram um fim desconcertante; O professor queria uma passagem para Júpiter. Conhecia teoricamente todos os planetas, mas desconhecia-se a si próprio; Numa praia deserta um alienado encontra-se com uma criatura do espaço exterior. Seria realidade ou criação de sua mente?"

11 – Guerra de estrelas, Francis Carssac. Romance.  (1961)
   Homens estavam sendo convidados. Para que? O objetivo era Ella, o planeta dos seres de tez esverdeada. O objetivo era a Galáxia Maldita, para enfrentar os Milsliks, pois que somente os seres de sangue vermelho podiam enfrentar a irradiação mortal dos seres metálicos que apagavam a luz dos sois e das estrelas.

12 – Histórias do acontecerá [Antologia] (1961)

13 – Um caso de consciência de James Blish [Romance] (1962)
   Ganhador do Premio Hugo em 1959, foi o pioneiro a tratar temas religiosos em FC. O Padre Ruiz Sanchez, jesuíta e membro de uma comissão de quatro cientistas destinada a investigar um novo e estranho mundo - sentia-se feliz em Lithia, verdadeiro paraíso para um biologista. Atemorizou-se, porém, quando percebeu claramente que aquele extraordinário planeta era paradisíaco sob todos os pontos de vista. Sabia que tal perfeição só se explicava como uma armadilha gigantesca, em escala nunca antes conhecida pela raça humana. Se reconhecesse que se tratava de armadilha. - seria um herege, renegado e condenado para a eternidade! 

14 – A nuvem negra de Fred Hoyle [Romance] (1962)
  Quando um fim agourento se aproximava da Terra, a humanidade só poderia esperar pelo inevitável, uma extinção gélida e escura, sem esperança alguma de reverter a catástrofe. Mas o que um grupo de cientistas descobre, no que seriam os últimos meses da existência da humanidade, pode muito bem reavaliar os conceitos de todos sobre como a inteligência se manifesta neste Universo infindável!

15 – Saia do meu céu! de James Blish e Bettyann de Kris Neville (1963)

16 – Testemunha do tempo, Guido Wilmar Sassi [Romance] (1963)

17 – Senhores do sonho de Chad Oliver [Romance] (1964)
   Em SENHORES DO SONHO, Chad Oliver propõe o eterno sonho de um cientista: como investigar e entrar em contacto com vidas e costumes diferentes? Monte Stewart é o antropólogo criado por Chad Oliver para tentar responder a esta pergunta, tudo através de um sentido não conformista da vida, senso de humor, atilada inteligência - razão pela qual foi o indicado pela ONU para entrar em contacto com a primeira descoberta de forma semelhante à humana num outro planeta.
   Mas algo não funcionou no perfeito organograma do cientista e sua equipe. Afinal, que seres eram aqueles? Por que tão brutalmente atacaram Monte Stewart e os outros? Uma primeira falha teria sido a falha insubstituível? Como encontrar a resposta capaz de, humanamente, proporcionar os primeiros passos para uma estável condição de convivência?

18 – O 3° planeta de Levy Menezes [Coletânea] (1965)

19 – Balada de estrelas, Altov E. Juravleva. [Romance] (1966)

20 – O som da trombeta de Sarban (não publicado)
21 – Além, muito além de Antony Baucher (não publicado)

6 comentários:

  1. Gente, que seleção!��������

    ResponderExcluir
  2. O número 15 está errado. São duas novelas, uma de Blish e outra do Neville. Tem um ponto de exclamação, não um "de". São histórias independentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corrigido! Valeu pelo toque! Esse é um dos livros que não consegui encontrar praticamente nada sobre.

      Excluir
  3. Que ##### seleção! Minha veia de ficção científica chega a colapsar! Vasculhando sebo em 3, 2, 1...

    ResponderExcluir
  4. Muito difícil de encontrar até mesmo em sebos. Possuo vários livros dessa editora e até hoje os procuro.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.