ÚLTIMAS NOTÍCIAS

14 de maio de 2016

Notícias: Stephen King e Os Invocadores do Mal

  Esta é uma nova seção do blog onde semanalmente serão comentadas notícias relacionadas a literatura e o gênero do terror. Confira os principais assuntos desta semana:


Achados e Perdidos de Stephen King

  A Editora Suma de Letras finalmente anunciou o lançamento de Achados e Perdidos, a continuação de Mr. Mercedes, para o mês de Junho. A informação inicial era de que a obra seria publicada em Maio, alguns sites ainda comentavam que o último livro da trilogia, End of Watch, que sairá nos Estados Unidos no próximo mês, seria publicado em Julho, traduzido como O Último Turno. A Suma de Letras ainda não confirmou essa última informação, lembrando que também é esperado  para o segundo semestre, os relançamentos de Cujo e A Incendiária.

Sinopse: 

“— Acorde, gênio.”

 Assim King começa a história de Morris Bellamy.

  O gênio é John Rothstein, um autor consagrado que há muito tempo abandonou o mundo literário. Bellamy é seu maior fã — e seu maior crítico. Inconformado com o fim que o autor deu a seu personagem favorito, ele invade a casa de Rothstein e rouba os cadernos com produções inéditas do escritor, antes de matá-lo. Morris esconde os cadernos pouco antes de ser preso por outro crime. Décadas depois, é Peter Saubers, um garoto de treze anos, quem encontra o tesouro enterrado. Quando Morris sai da prisão, depois de trinta e cinco anos, toda a família Saubers fica em perigo. Cabe ao ex-detetive Bill Hodges e a seus ajudantes, Holly e Jerome, protegê-los de um assassino agora ainda mais perigoso e vingativo.


Invocadores do Mal
  Na esteira do novo filme baseado nas aventuras do casal Ed e Lorraine Warren, Invocação do Mal 2, o Grupo Editorial Pensamento anunciou o lançamento de Invocadores do Mal para este mês, escrito por Cheryl A. Wicks o livro é uma mistura de biografia e estudos de caso, dentre os mais famosos estão, uma visita a Mansão de Amityville e a casa funerária de The Haunting in Connecticut. 

Sinopse:
  A médium clarividente Lorraine Warren e seu marido, o respeitado demonologista Ed Warren, estudaram, por mais de meio século, fenômenos paranormais ao redor do mundo. Seus casos inspiraram os filmes Invocação do Mal, Amityville e Annabelle. Esta obra reúne as cinco décadas de experiência em investigação de campo desse casal, juntamente com as suas perspectivas histórica, científica e religiosa, para revelar que até mesmo o que é considerado paranormal não pode ser ignorado, tem padrões de comportamento previsíveis e pode ser mensurado cientificamente.  Por meio de milhares de palestras, estudos de caso e análise de cartas de clientes, eles revelam o que é conviver com fantasmas, poltergeists e infestações malignas, como investigá-los e solucionar seus mistérios.


Jack, O Estripador: A autobiografia
  Ainda apostando na linha da não-ficção, o Grupo Editoral Pensamento anunciou o lançamento da controversa  suposta autobiografia de Jack, O Estripador escrita por  James Carnac. A obra teve uma recepção bastante dividida por parte dos leitores, alguns criticaram a veracidade dos fatos, as memórias teriam sido escritas muito tempo depois dos assassinatos e enviadas para publicação após a morte do seu autor, as possíveis alterações que ocorreram no texto original também são apontadas por outros, mas também há um grupo que considera o livro como ficção e aproveita a leitura independente de credibilidade ou não. O típico caso: ou você gosta, ou você odeia.

Sinopse:
   Em Whitechapel, em 1888, pelo menos cinco mulheres foram brutalmente assassinadas e mutiladas. O assassino tornou-se conhecido como Jack, o Estripador. Houve muitos suspeitos, porém ninguém foi preso pelos crimes. Este livro apresenta um novo suspeito a partir de um manuscrito redigido nos anos 1920 por James Willoughby Carnac. O texto abrange desde a sua infância até a sua morte, e contém informações que nunca foram divulgadas. Além disso, os acontecimentos da época e a geografia de Whitechapel, em 1888, são descritos com total precisão, tornando James um convincente Jack, o Estripador. Para completar, o motivo oferecido por ele, para ter se tornado um assassino, nos faz crer que seu relato é puramente genuíno. Seria este livro a verdadeira confissão de Jack, o Estripador, ou um extraordinário romance muito bem escrito?


 HarperCollins Brasil e Box O Exorcista
  HarperCollins Brasil anunciou o lançamento de um box contendo as duas  reedições da obra de William Peter Blatty: O Exorcista e A Nona Configuração.


Nova Edição de Horror em Amityville 
   A Darkside Books anunciou esta semana o lançamento de uma nova edição de Horror em Amityville de Jay Anson para o segundo semestre, ainda não há muitas informações sobre capa ou data, mas a notícia é uma resposta a vários pedidos dos fãs para o relançamento do livro, que atualmente se encontra em estado de raridade. Lembrando que para o segundo semestre estão na programação da editora: O Evangelho de Sangue de Clive Barker e Coração Satânico de William Hjorstberg. 


Pré-Venda: O Menino que Desenhava Monstros
Começou a pré-venda de O Menino que Desenhava Monstros de Keith Donohue, o livro chega às lojas no próximo mês.

Sinopse:
 Um livro para fazer você fechar as cortinas e conferir se não há nada embaixo da cama antes de dormir. O Menino que Desenhava Monstros ganhará uma adaptação para os cinemas, dirigida por ninguém menos que James Wan, o diretor de Jogos Mortais e Invocação do Mal. 
   Jack Peter é um garoto de 10 anos com síndrome de Asperger que quase se afogou no mar três anos antes. Desde então, ele só sai de casa para ir ao médico. Jack está convencido de que há de monstros embaixo de sua cama e à espreita em cada canto. Certo dia, acaba agredindo a mãe sem querer, ao achar que ela era um dos monstros que habitavam seus sonhos. Ela, por sua vez, sente cada vez mais medo do filho e tenta buscar ajuda, mas o marido acha que é só uma fase e que isso tudo vai passar. Não demora muito até que o pai de Jack também comece a ver coisas estranhas. Uma aparição que surge onde quer que ele olhe. Sua esposa passa a ouvir sons que vêm do oceano e parecem forçar a entrada de sua casa. Enquanto as pessoas ao redor de Jack são assombradas pelo que acham que estão vendo, os monstros que Jack desenha em seu caderno começam a se tornar reais e podem estar relacionados a grandes tragédias que ocorreram na região. 
   Padres são chamados, histórias são contadas, janelas batem. E os monstros parecem se aproximar cada vez mais. Na superfície, O Menino que Desenhava Monstros é uma história sobre pais fazendo o melhor para criar um filho com certo grau de autismo, mas é também uma história sobre fantasmas, monstros, mistérios e um passado ainda mais assustador. O romance de Keith Donohue é umthriller psicológico que mistura fantasia e realidade para surpreender o leitor do início ao fim ao evocar o clima das histórias de terror japonesas.

Fonte: Amazon

4 comentários :

  1. Nunca a literatura de gênero esteve tanto em evidência no Brasil!!! Que bacana saber que livros raros serão relançados dando oportunidade para que todos possa adquirir tais obras... Pretendo adquirir todas as obras mencionadas e desde já estou ansioso por esse próximo semestre.

    Ainda aguardo esperançoso a Darkside Books anunciar os "Livros de Sangue" já imaginando o esmero que eles terão com as capaz :D

    ResponderExcluir
  2. Esperando ansiosamente os Livro de Sangue do Barker!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu até sonhei com o lançamento -> https://twitter.com/julianojacob/status/732678476436807681

    ResponderExcluir
  4. Seu blog é o único relacionado a literatura que ainda tenho a paciência e o prazer de ler pelo conteúdo de excelência e pelas excelentes indicações.

    ResponderExcluir