ÚLTIMAS NOTÍCIAS

14 de abril de 2015

Resenha: Um Lugar Especial de Peter Straub


"Quando Peter Straub liga as máquinas, ninguém na fábrica de horrores se equipara a ele." Stephen King

"Em todos os gêneros, um autor de primeira categoria." Clive Barker

"Straub é um mestre na criação de histórias do outro mundo isso lhe garantiu um séquito de ferrenhos admiradores." New York Daily News

Sinopse:
   Por meio do amadurecimento de um menino e com uma alta dose de mistério e tensão, o thriller "Um Lugar Especial", de Peter Straub, apresenta o surgimento e a evolução da natureza cruel e fria dos assassinos.  O livro traz a história de Keith Hayward, um garoto cuja natureza instiga um fascínio irresistível pela morte e por interromper vidas. O irmão de seu pai, o sofisticado tio Till — o infame Assassino de Mulheres, com histórico misterioso como celebridade local de reputação dúbia e perigosa —, reconhece a secreta aptidão do sobrinho e o instrui com maestria na arte de fazer o mal sem ser capturado.

Opinião:
   Primeiro você irá precisar de um lugar especial, algo só seu, um local desconhecido em que você possa trabalhar sem que ninguém lhe atrapalhe. Deve deixá-lo em ordem para receber visitas constantes, não se acanhe em preparar cordas e correntes para amarrá-las se for preciso, tenha certeza de que muitas vezes será, não se esqueça de ter uma cama ou colchão velho para o caso de uma conversa mais íntima. Depois pegue uma cadeira e encontre uma posição confortável, iremos aprender um bocado sobre a velha arte da morte com Um Lugar Especial, certifique-se de que a leitura não será atrapalhada e se prepare para ver as sombras do mundo que conhece com novos olhos. 
   Peter Straub é um autor que mergulha nas entranhas mais profundas da alma humana, atravessando os pântanos assombrados do coração e da mente, lugares onde o ódio e raiva nascem ladeados pela paixão e o amor, chafurdando na escuridão que é a psique humana é um explorador do lado mais animal do homem. Um Lugar Especial é mais uma incursão ao pútrido baú de lembranças incrustado na parte mais escura da mente do homem, memórias que jazem apodrecidas e semidevoradas por vermes, memórias de uma infância perdida, de um aprendizado macabro, dos primeiros passos na estrada do mal pela qual caminham os assassinos mais cruéis. É mais uma novela que um livro, suas mais de 170 páginas servem como um prólogo à  A Dark Matter, livro que narra a história de um monstro que abarca a todos com sua escuridão. 
  Keith Hayward é um menino em fase de crescimento, desde pequeno suas tendências a explorar a dor de outras criaturas lhe criam problemas, animais de estimação da vizinhança aparecem esfolados e mutilados de formas tão cruéis que começam a assustar os moradores. Seus pais, bons americanos de classe média, não se sentem bem falando deste tipo de coisa com seu filho, o trabalho sujo fica nas mãos de seu tio, o misterioso e galanteador Tillman que lhe explica como as coisas funcionam no mundo, como fazer as coisas que queremos sem que outros tomem ciência de nossos atos. O que ninguém sabe é que talvez o talento de Keith seja herança do tão adorado tio Till. Peter Straub trabalha com perfeição a natureza humana e os resultados que a influência que recebemos na infância, ocasiona em nossa personalidade adulta. 
  Não é à toa que nomes como Stephen King e Clive Barker tecem elogios a narrativa de Peter Straub, seu estilo é conhecido por ser detalhista e descritivo, Um Lugar Especial se mostra diferente do habitual, uma leitura rápida como a estocada de uma faca e tão cortante como o fio desta, após o término das páginas os personagens se negam a descansar na mente do leitor, o final é tão perturbador que não se pode deixar de pensar no quão realista o mesmo é, as manchetes dos jornais não mentem, cada segundo gasto para ler essa simples frase, em algum lugar do mundo foi tempo suficiente para uma criança sofrer uma violência tão desgastante que irá traumatizá-la para sempre. Um Lugar Especial é mais que simples entretenimento é uma semente que se alimentada com as reflexões e discussões adequadas pode ser a salvação ou a destruição de muita gente. 


Nota: ☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠ (10/10 Caveiras)

7 comentários :

  1. Me interessei por esta novela, deve ser muito boa mesmo.

    bomlivro1811.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Um livro marcante, uma obra onde a escuridão que tenta a todo instante saltar das páginas do livro fica latejando na cabeça mesmo após o término da leitura. Uma história ao mesmo tempo hipnótica e repugnante. Um personagem forte, cruel e odiado. Um protagonista que o leitor com certeza ira temer e amar odiá-lo. Peter Straub lança mão do bom senso (o que realmente seria isso?) para criar uma obra em poucas páginas que irá reverberar por muito tempo na mente do leitor. NOTA 10!!!

    ResponderExcluir
  3. 10 caveirinhas??? Eu eu que nem dava muita coisa pelo livro :/

    Não pelo autor, que só seu nome já é grande coisa, mas achei que essa fosse uma obra menor talvez.

    Acho a capa incrível!!! E poxa, a resenha me ganhou muito!!! Acabei de colocar o livro na lista de desejados e assim que puder vou comprá-lo com certeza!!!

    Obs.: Desculpe ter ficado londo daqui, andei atrapalhada, mas voltarei sempre que puder!!

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Adoro esse autor! Pena que a Editora Record está enrolando demais para publicar A Dark Matter!!!

    ResponderExcluir
  5. Olá, parabéns pelo blog, vim conhecer e achei um máximo, espero voltar sempre pois é de grande conteúdo, estou seguindo e convido se puder retribuir seguindo o meu, falo sobre cultura, livros, filmes etc. Sou escritor com livro lançado pela editora chiado, o blog chama-se entre linhas, o link é http://www.thieresduarte.blogspot.com.br vai ser um prazer ser retribuido, siga lá! Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Me instigou bastante esta resenha. Já esta nos meus favoritos com certeza. Parabéns pela página! Pouco divulgado o gênero do terror/suspense; navegando sem parar aqui. Obrigado😆

    ResponderExcluir