ÚLTIMAS NOTÍCIAS

2 de junho de 2014

Resenha: Trilogia dos Espinhos [Livro 2]: King Of Thorns de Mark Lawrence


Sinopse:
   "Este é o meu livro favorito desta excelente trilogia, pois tudo joga contra o nosso anti-herói Jorg. As apostas são altas e as reviravoltas, perfeitas. Depois de assassinar seu tio e garantir um pequeno reino nas montanhas, o jovem Jorg agora encara um inimigo carismático e poderoso - o Príncipe de Arrow -, que parece destinado a reunir o Império Destruído. A ação salta entre o presente e o passado, e nos mostra como Jorg viajou pelo império e conseguiu reunir recursos e forças para enfrentar uma batalha aparentemente impossível de ser vencida. Acompanhamos também a história pelo ponto de vista de Katherine, a mulher que Jorg deseja mais do que ninguém, e que ele está destinado a não conquistar jamais. Apesar de Jorg continuar a ser o mais maquiavélico dos protagonistas, sem hesitação para matar, mutilar ou destruir, caso isso o ajude a alcançar seus objetivos, passamos a compreendê-lo melhor neste livro, e é impossível não torcer por ele. Ele consegue renovar e dar uma reviravolta brutal, explodindo com todas as armadilhas românticas da grande fantasia - lealdade, honra, o bem contra mal e a fé em um causa maior." Rick Riordan

Opinião:
   King Of Thorns é o segundo volume da Trilogia dos Espinhos de Mark Lawrence, iniciada com Prince Of Thorns e que se concluirá ainda este ano, promessa da Darkside Books, com a publicação de Emperor Of Thorns. O livro é um intrincado quebra-cabeça no qual o autor fornece logo no começo as cenas que compõe a meio da história, resta ao leitor seguir as pistas e fios de trama fornecidos ao longo do caminho para completar o início e por conseguinte conseguir chegar ao final desta parte da aventura de Jorg. Esse tipo de escrita cria uma espécie de ânsia no leitor que se vê envolvido nos acontecimentos, lendo apenas mais uma página antes de dormir, só mais um capitulo para saber o que acontecerá a seguir...  Utilizando um recurso narrativo de viagem temporal, Mark Lawrence transporta o leitor através do presente e do passado, ambos servindo de apoio um para outro na construção de uma narrativa não linear que acompanha a confusão mental de Jorg.
    É um glorioso dia nas Terras Altas de Renar, o Rei Jorg Honório de Ancrath está prestes a se casar com uma menina de doze anos, enquanto às portas de seu castelo o Assombrado, vinte mil cavaleiros comandados pelo Príncipe de Arrow se preparam para uma invasão em grande escala. Assim começa King Of Thorns, quatro anos após os acontecimentos finais do primeiro livro, a versão de Jorg que encontramos está mais amadurecida, com novas cicatrizes e novas histórias, agora com dezoito anos se prepara para uma batalha suicida contra o Príncipe de Arrow. Orrin de Arrow é aclamado herói das profecias, por onde passa as multidões se ajoelham perante sua presença, duques e reis abrem as portas de seus castelos conquistado pela bondade e sinceridade do carismático líder. Arrow fala sobre o final de todas as guerras, a união dos reinos e a tão almejada paz. Numa jornada de conquista através do Império, cada novo passo anexa mais um reino ao seu crescente império e engrossa as fileiras de seu grande exercito, só não contava em encontrar resistência em um miserável castelo no meio das montanhas. Alguém cuja sede de sangue e poder superasse todas as suas piores perspectivas. Jorg de Ancrath.
    Mais abrangente que seu antecessor, King Of Thorns possui muito mais magia e uma maior afinidade com o sobrenatural em suas páginas. Há a exploração mais profunda da necromancia, os poderes adquiridos por Jorg nas cavernas onde despertou o sol dos Construtores, a arte de comandar os mortos e traze-los novamente a uma semivida. Há também magos de fogo que vivem nas profundezas de vulcões cujo corpo é o próprio fluxo de lava fervente, bruxas de neve cujo simples olhar de suas órbitas cegas congela a alma dos homens e uma explanação dos restos da incompreensível tecnologia deixada para trás pelos Construtores. Se havia alguma dúvida quanto ao caráter distópico da série, ela esvai-se em citações a filósofos da antiguidade e pequenas minúcias reconhecíveis do nosso dia a dia. A sociedade dos Construtores evoluiu a ponto de conseguir criar armas tão mortíferas que aniquilaram sua própria existência e alteraram o mapa do mundo drasticamente, a tecnologia e ciência foram perdidas mas ainda existem resquícios desse antigo poder , pequenos zumbidos esparsos ainda podem ser ouvidos, máquinas sábias e antigas ainda jazem adormecidas sobrevivendo mais que seus criadores, a espera de quando serão necessárias novamente.
   A Trilogia dos Espinhos caminha para um final fantástico, King Of Thorns amplia ainda mais o universo e lança as bases nas quais Emperor Of Thorns se erguerá. O autor conseguiu unir uma narrativa voraz e sedutora com os aspectos sobrenaturais, inerentes a dark fantasy, criando um livro que ultrapassa os limites da fantasia, surgindo como uma metáfora a violência e destruindo todos os estereótipos de protagonistas heróis, sem nenhuma mácula na alma que salvam o mundo ao fim de cada dia. É difícil prever o que acontecerá em seguida a Jorg, suas ações se baseiam nas suas emoções e em sua crescente loucura em King Of Thorns, cada página é uma surpresa. Merece sem dúvidas total destaque na estante de fantasia, um dos melhores livros lançados nos últimos anos. Boa leitura. 

Minha nota: ☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠ (10/10 Caveiras)

6 comentários :

  1. gostaria de saber se tem como disponibilizar um link para baixar ou ler online pois não achei o primeiro livro para compra ?

    ResponderExcluir
  2. Olá!!
    Admito que não li a resenha por medo de spoiler. Estou muito ansioso para a leitura desse livro!! Desde quando vi a capa de Prince of Thorns eu soube que teria um enredo bom. Não vejo a hora de poder ler o livro!!
    Abraços
    Misael
    http://devoradoresde-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá Nadson, você vai encontrar no livro na americans.com , foi lá que comprei o meu.
    http://www.americanas.com.br/produto/114347230/livro-prince-of-thorns-trilogia-dos-espinhos-vol.-1

    ResponderExcluir
  4. Misael
    A resenha não tem spoilers não :) Não escrevo desta maneira não, tem algumas leves sugestões do que acontece em Prince Of Thorns mas nada que prejudique a sua leitura de ambos os livros.

    Nadson
    A Darkside Books não lançou até agora nenhum ebook, sua qualidade em livros fisicos é admiravel, aconselho a comprar qualquer livros dele que você irá se impressionar. Eu tenho quase todos, são livros feitos para durar décadas :)

    ResponderExcluir
  5. Muito bom mesmo este livro. Anti heróis me agradam muito. Por enquanto o meu preferido da trilogia é o primeiro, acho que por ser ainda mais corrido os fatos e achei o Jorg ainda mais cruel. Estou ansioso para ler o encerramento da trilogia.

    bomlivro1811.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Felizmente ou infelizmente, terminei de ler o primeiro volume, agora vou encomendar o segundo, mas gostaria de saber outros livros nesse mesmo ritmo, com personagens anti-heróis, já li a trilogia da ''Mão esquerda de Deus'', que também é fantástico, e então vocês conhecem outros nesse estilo para me recomendar?

    ResponderExcluir