ÚLTIMAS NOTÍCIAS

7 de maio de 2014

Resenha: Iluminadas de Lauren Beukes


“Intrigante. Lauren Beukes trata de assuntos surreais de maneira bastante real. Fiquei encantada!” Gillian Flynn, autora de Garota Exemplar

“Um livro engenhoso e impossível de largar, que mistura elementos de thriller policial, ficção científica e romance histórico” Entertainment Weekly

“Um dos thrillers mais assustadores e bem escritos do ano.”  
                                                                                     Chicago Sun-Times

Sinopse:
   Harper Curtis é um assassino que vem do passado. Kirby Mazrachi é a garota que estava destinada a não ter um futuro. Chicago, 1931. Harper Curtis, um andarilho violento, invade uma casa abandonada que esconde um segredo tão chocante quanto improvável: quem entra ali é transportado no tempo. Instigado por um comando que parece vir da própria casa, Harper persegue as “meninas iluminadas” – garotas cuidadosamente escolhidas em diferentes décadas – com o objetivo de matá-las. Voltando no tempo após cada assassinato, seus crimes são perfeitos e impossíveis de serem rastreados. Ou pelo menos é o que ele pensa.
   Chicago, 1992. Kirby Mazrachi viu sua vida ser destroçada após um ataque brutal que por pouco não a levou à morte. Incapaz de esquecer tal acontecimento, Kirby investe seus esforços em encontrar o homem que tentou assassiná-la. Seu único aliado é Dan, um ex-repórter policial que cobriu seu caso e agora aparentemente está apaixonado por ela. À medida que a investigação de Kirby avança, ela descobre outros casos semelhantes ao seu – e garotas que não tiveram a mesma sorte que ela – ligados por evidências que parece impossíveis. Mas, para alguém que deveria estar morto, impossível não significa que não tenha acontecido.

Opinião:
    Iluminadas é sem dúvidas um dos melhores lançamentos nacionais deste ano, um suspense bem construído com toques de ficção científica e singulares cenas de horror,  Lauren Beukes possui um estilo de escrita bastante particular que transporta o leitor através do tempo seguindo uma sangrenta trilha de mortes e intrincados mistérios que levará até um dos serial-killers mais prolíficos da literatura. A trama é tecida através de pequenos recortes temporais, que conforme a leitura avança começam a fazer sentido, o passado e o presente se misturam com flashbacks criando cenas que desafiam a imaginação e elevam os níveis de tensão a seu ápice. 
    Tudo começa no ano de 1931 quando um andarilho, Harper Curtis, encontra um misteriosa Casa, decrépita em seu exterior mas que interiormente se revela dona uma beleza exótica e instigante. Quem olha de fora para a Casa enxerga apenas velhas janelas obscurecidas pelo tempo, mas por dentro uma grande e grossa cortina negra impede a luz solar de entrar, atravessar a soleira da porta de entrada é como adentrar a uma nova camada da realidade. Ao entrar na Casa, Harper ainda não sabe mas alterou sua vida para sempre, agora cada vez que abrir a porta para sair encontrará uma nova época onde um comichão em seu cérebro trará  desconforto e inquietação que só serão sanados, como descobrirá futuramente, através da morte de uma de suas 'iluminadas'.  Pode-se dizer que o cerne da trama se desenvolve no ano de 1992, onde uma  sobrevivente de um fracassado ataque de  Harper decide investigar casos parecidos com o seu e começa a caçar seu algoz.
   Lauren Beukes possui uma capacidade fantástica para a criação de seus personagens, devido a sua formação e alguns aspectos físicos pode-se ter a protagonista como seu alter ego, os diálogos são providos de muito sarcasmo e altas doses de humor negro, além de uma reflexão sobre os significados da vida e da morte. Talvez a maior habilidade da autora seja o modo preciso e cirúrgico com que consegue "manusear" as emoções do leitor, jamais tinha encontrado alguém tão bom nessa questão quanto Stephen King, a passagem de uma cena feliz para um assassinato cruel e sádico é tão rápida e chocante que somos obrigados a reler cada frase respingada de sangue para acreditar que aquilo realmente está acontecendo. Como um sorriso pleno de felicidade pode se tornar tão rápido um esgar típico dos últimos tremores da morte?
  Iluminadas é uma leitura frenética que une em um laço muito bem amarrado uma miscelânea de gêneros que fluem livremente na mesma direção, enriquecendo e alterando o tom da história repetidas vezes, há toques de ficção-científica, arrepios do sobrenatural, a tensão enregelante do suspense, a velocidade dos thrillers e as sangrentas passagens de horror. O livro consegue deixar uma impressão duradoura no leitor que ainda continua presente na mente muito tempo após a leitura. Altamente indicado para quem busca uma leitura diferente, surpreendente e instigante. Leia!


Minha nota: ☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠ (10/10 Caveiras) 

9 comentários :

  1. Heey tudo bem??
    Nossa não conhecia seu blog mas agora já estou seguindo *-*
    Eu comprei o meu Iluminadas no evento da Intrínseca só por causa do book trailer que ficou mto fodah!!
    Mas graças a sua resenha vou colocar ele como próxima leitura jaah!
    Bjoos
    http://chacombolacha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu já ia comprar ele mesmo, ficou muito massa a capa do livro, mas agora com isso que vc escreveu, deu mas vontade ainda de compra-lo. cada palavra que eu lia a vontade te ter o livro aumentava. Parabéns pelo Blog! :)

    ResponderExcluir
  3. Já queria comprar o livro, com uma opinião positiva dessas me fez já comprar o livro na pré-venda.. haha
    Parabéns pelo blog, acompanhando ^^

    ResponderExcluir
  4. Eu já estava querendo comprar esse livro, depois dessa resenha com certeza comprarei o mais rápido possível.

    ResponderExcluir
  5. Primeira resenha de Iluminadas que eu vejo e pelo visto nem preciso de mais nenhuma pra ter certeza de que eu estou LOUCA pra que esse livro chegue logo na minha livraria u.u Ainda acho uma injustiça você ter todos os livros que eu quero bem antes de mim, por alguma mágica, mas também é bom porque sempre vejo sua opinião antes e então tenho a certeza de que quero comprar :D
    Parabéns pela resenha, beijinho :*

    ResponderExcluir
  6. Hey!
    Tava rolando o mouse e me deparei com a resenha desse livro, e o título me chamou a atenção. Sua crítica me deixou curiosa; vai pra lista de leituras o livro.
    http://sete-viidas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Execelente resenha !
    Seguindo o blog !
    Dá uma olha lá no meu > http://comandoliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Li este livro mês passado e confesso que gostei muito; uma leitura rápida, envolvente, bem escrita, e como disse o Rafa, instigante. Só achei que ficou umas pontas soltas, algumas coisas não explicadas que achei que no final do livro seriam sanadas, mas isso não compromete o livro, que é sem dúvida muito bom. Maurilei.

    ResponderExcluir