ÚLTIMAS NOTÍCIAS

25 de fevereiro de 2014

Lançamentos de Stephen King em 2014, Revival, Mr. Mercedes e Doctor Sleep


    O autor mais comentado neste blog, e favorito deste que voz fala, sem dúvidas merece uma discussão mais detalhada sobre seus lançamentos em 2014. Somos todos leitores fiéis e constantes do Mestre, perdidos no vácuo infinito que é o tempo de espera entre o lançamento de um novo romance e outro. King possui uma carga de nada menos que sessenta e seis verões em seus ombros, mas seu vigor mental ultrapassa o de autores mais jovens, pelo segundo ano consecutivo teremos duas novas histórias do mestre do terror: Mr. Mercedes, uma clássica ficção policial detetivesca e Revival onde os trilhos do horror novamente serão visitados, conduzidos pelo autor mais insano do gênero. Porém nós brasileiros, pelo menos a grande maioria que não é bilíngue, temos que esperar a boa vontade das editoras de traduzir o livro, coisa que ocorre com anos de atraso embora ultimamente o tempo hábil tenha diminuído muito. Ainda nem pudemos desfrutar da tão afamada continuação de O Iluminado, Doctor Sleep e Joyland. Mas 2014 promete para fãs do King.

Lançamentos nos EUA: Mr. Mercedes e Revival


    O livro foi anunciado oficialmente no final do ano passado no site do autor e seu lançamento está previsto para Junho deste ano. Em Mr. Mercedes, King deixará de lado as sombrias paisagens do horror para abordar um romance policial de detetives. Paralelo ao recente gosto por fantasia nacional, os romances focados em investigações e crimes que superam a capacidade humana para o mal, e consequente imaginação e perspicácia para resolvê-los sempre teve uma fórmula de sucesso por aqui. Se até J.K. Rowling se aventurou por essas bandas ano passado, por que não o Mestre King? Confira a sinopse:
 
   "Nas frigidas madrugadas, em uma angustiante cidade do Centro-Oeste, centenas de pessoas desempregadas estão na fila para uma vaga numa feira de empregos. Sem qualquer aviso um motorista solitário irrompe no meio da multidão em um Mercedes roubado, atropelando os inocentes, dando ré e voltando a atropelá-los. Oito pessoas são mortas, quinze feridos.
   Em outra parte da cidade, meses mais tarde, um policial aposentado chamado Bill Hodges é ainda assombrado por um crime sem solução. Quando ele recebe uma carta enlouquecida de alguém que se auto identifica como “privilegiado” e ameaça um ataque ainda mais diabólico, Hodges acorda de sua deprimente e vaga aposentadoria, empenhado em evitar outra tragédia.
   Brady Hartfield vive com sua mãe alcoólatra na casa onde ele nasceu. Ele adorou a sensação de morte sob as rodas da Mercedes, e ele quer aquela corrida de novo. Apenas Bill Hodges, com um par de aliados altamente improváveis, pode prender o assassino antes que ele ataque novamente. E eles não têm tempo a perder, porque na próxima missão de Brady, se for bem sucedido, vai matar ou mutilar milhares. Mr. Mercedes é uma guerra entre o bem e o mau, do mestre do suspense, cuja visão sobre a mente deste obcecado assassino insano é arrepiante e inesquecível."
 
   King sempre criou vilões magníficos, Randall Flagg e Pennywise que o digam, a figura do Mr. Mercedes
parece ser mais uma para seu famoso hall da maldade. Criado pela mãe alcoólatra sua personalidade psicótica, já virou clichê depois de tantas histórias tendo isso como tema, resta saber qual será o gatilho que o mestre irá usar para despertar a loucura no Sr. Mercedes. A história promete trazer uma visão detalhada da mente do assassino. Sobre o protagonista, a figura do policial aposentado que retorna a atividade após uma provocação direta do criminoso não é novidade, mas acredito que a forma do King de abordar isso será nova, sempre gostei de suas figuras policiais como Paul Edgecombe e o Allan Pangborn. Definitivamente espero vorazmente por essa leitura.

Revival
   Anunciado no inicio do mês e com previsão para ser lançado em meados de novembro, Revival promete trazer uma história de horror, daquelas de arrepiar.  O livro conta a história de um pregador fanático pela sua religião, um músico com problemas com as droga e pactos sombrios. Confira a sinopse:

   “Em uma pequena cidade da Nova Inglaterra, meio século atrás, um menino que está brincando na frente de casa com seus soldados de brinquedo novos, se depara com uma sombra que cai sobre ele. Está olhando para um homem impressionante, o novo pastor, que com sua bela esposa vai transformar a Igreja e a cidade, conforme Jamie descobrirá mais tarde. Os homens e os rapazes ficam apaixonados pela Sra. Jacobs; as mulheres e meninas, pelo Reverendo Jacobs — incluindo as irmãs e a mãe de Jamie. Quando ocorre uma tragédia, o pregador carismático amaldiçoa a Deus e é banido da chocada cidade.
   Jamie tem seus próprios demônios. Casado com sua guitarra desde os 13 anos, ele toca nas bandas de todo o país, fugindo das próprias tragédias familiares, perdendo um trabalho após o outro, até seus vícios levarem a melhor sobre ele. Décadas mais tarde, sóbrio e vivendo uma vida decente, ele e o Reverendo Charles Jacobs se encontrarão novamente em um pacto para além do legado do Diabo, e os segredos aterrorizantes de Revival são revelados.”

   Ler isso te empolgou tanto quanto a mim? Dá quase para aspirar à atmosfera claustrofóbica de cidade pequena na história, nesses lugares uma das principais preocupações além de saber sobre a vida do próximo é a Igreja, seu papel neste tipo de comunidade é muito mais social que nas cidades grandes, então a chegada de um pároco é um evento grandioso. Bom hora das suposições, como bom fã de King nunca tive dinheiro para comprar todas suas obras num curto período de tempo, foram mais de cinco anos até conseguir ler tudo. Nesse meio tempo um dos meus passatempos era tentar adivinhar a história do livro apenas pela sinopse. Bom pode-se imaginar que a tragédia do Reverendo Jacobs será a perda de sua esposa, por doença ou algum lunático da cidade apenas o humor do mestre decide. O que se pode dizer com propriedade é que será um evento traumático que irá transformar as pessoas, tendo provavelmente efeito no que Jamie fará a seguir em sua vida. O reencontro dos dois anos depois, servirá como a colisão de dois buracos negros, ambos preenchendo o vazio sombrio um do outro.

[Atualizado] Confira a capa de Revival

Lançamento no Brasil: Doctor Sleep 



"Certa vez, quando criança, Danny Torrance quase foi engolfado pelos espíritos malignos do Hotel Overlook por causa de seus poderes especiais de Iluminado. Agora, anos depois, Danny, ou melhor, Dan, já está crescido e usando seus poderes para o bem, ao ajudar os moribundos de um hospital a atravessar para a pós vida em paz. Entretanto, uma antiga raça de seres que sugam a energia psíquica das pessoas iluminadas está à solta e em busca de novas vítimas para poderem se alimentar — em especial, uma garotinha de doze anos, chamada Abra Stone, cujos poderes são maiores até mesmo do que os de Danny — e apenas Dan Torrance, o Iluminado, terá condições de pará-los."
 
    Eis o grande anuncio de Stephen King que atingiu diretamente seus fãs no coração. Quando li a noticia pela primeira vez que O Iluminado, o livro que mudou minha vida, teria uma continuação quase tive um infarto. As emoções fluíam como uma tsunami em minha mente, a alegria de uma aventura se misturava ao medo do desconhecido, o desespero se unia a excitação e euforia era obliterada pela nostalgia. Então a grande questão: Será? Será que vai? Quem leu Talismã, escrito em colaboração com Peter Straub, sabe que a continuação Casa Negra não consegue reproduzir a essência do personagem Jack Sawyer enquanto criança, a inocência desse período se perdeu e o reencontro com um alcoólatra de meia idade é quase chocante. O Iluminado para mim é a história do Overlook Hotel e Jack Torrance enlouquecendo magnificamente. Reescrever a história sem esses elementos é uma tarefa difícil.
    Lançado ano passado nos Estados Unidos, Doctor Sleep dividiu opiniões, alguns o acharam magníficos, já os mais puristas questionaram muito sobre Danny ou melhor Dan. Bom, eu tirei da cabeça que essa será uma continuação direta de O Iluminado, mas sim será um livro sobre Danny Torrance e o rumo que sua vida tomou no universo de King, assim como Alan Pangborn aparece em A Metade Negra e depois se torna o protagonista de Trocas Macabras. Estou ansioso para ler, mas com aquela pulguinha saudável atrás da orelha. Amo ler Stephen King e tenho certeza que a história do livro será magnifica, mas o que realmente importa neste caso é Stephen King vai conseguir tocar de novo o coração de seus leitores como fez em O Iluminado? Só o lançamento em Novembro nos dirá.

Fontes:
King Of Maine (Sinopses)
The Guardian (Informações adicionais sobre datas de lançamentos)

6 comentários :

  1. Nossa, adorei!
    Parecem ótimos, assim como seu blog!
    Beijos.

    http://minhas-serendipidades.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Woool! King, My King!

    GabryelFellipeealgo.blogspot.com
    EL Costa - Confins Literários

    ResponderExcluir
  3. Hummm, tava mesmo querendo ler um livro de terror, ótima dica!

    http://cheirinhodolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Parei de ler no: "...que VOZ fala..."

    ResponderExcluir
  5. Eu fiquei interessado em Mr Mercedes, mas eu não gostei muito do assassino não ser uma surpresa. Se a história fosse sobrenatural, seria legal se o carro fosse o assassino, mesmo que fosse parecido com Christine.

    ResponderExcluir