ÚLTIMAS NOTÍCIAS

1 de janeiro de 2014

Diário de um Exorcista de Renato Siqueira e Luciano Milici


"Sou aquele presente nos abortos, estupros e linchamentos; aquele que se alimenta de blasfêmias, dor e desespero; aquele que mostra a arma para a criança. Aquele que se deleita com doenças incuráveis, que provoca pesadelos e oferece mais uma dose ao viciado. Habito as trevas exteriores, onde há choro e ranger de dentes. Sou o último passo no precipício."

Sinopse:
   Desde muito jovem, Lucas é atormentado por inimigos sobrenaturais cruéis e impiedosos. Quando uma tragédia familiar inexplicável abala sua família, o menino desperta para a mais importante e desafiadora missão que um ser humano pode enfrentar: uma luta sem fim contra o inimigo maior do homem e de Deus: o próprio Diabo. Passada nas décadas de 1950 e 1960, a história (baseada em fatos reais) do padre Lucas Vidal - um dos maiores exorcistas da América Latina - é contada em seus mais aterrorizantes e inacreditáveis detalhes. Do rigoroso e pouco ortodoxo treinamento às mais difíceis batalhas contra demônios, possessos e outras entidades sobrenaturais, a trajetória de Lucas e dos irmãos Biaggio contra seres profanos aterroriza o mais cético dos leitores que vai perceber, aos poucos, que além de as criaturas das trevas ganharem mais força a cada ataque, as mais perigosas têm um objetivo único: destruir os padres exorcistas.

Opinião:
     Poucas obras de horror conseguem provocar o instinto básico que devia ser inerente em todas as publicações do gênero: o medo, aquele arrepio sobrenatural que se espalha pela coluna, a transformação de cada canto mal iluminado do aposento de leitura em lar das mais horríveis criaturas e aquela sensação de ser observado enquanto lê. O Diário de um Exorcista, lançamento nacional consegue isso e muito mais. Vampiros já foram assustadores, mas o mito perdeu força afinal já não somos mais camponeses ao redor de um castelo feudal. E os zumbis viraram parte da cultura popular. Porém os exorcismos ainda são um assunto inexplorado pela literatura brasileira, trata-se de um tema muito frágil e que deve ser explorado com cuidado, pois o horror provém de um nervo que está ligado às crenças e a fé. Cultivadas na infância, mas que possuem grande influencia em quem somos e no que acreditamos. Para as pessoas de mente fraca ou cuja ignorância é tão grande a ponto de cegá-las não aconselho a leitura deste Diário, provavelmente seus olhos queimarão durante a leitura e o livro entrará em combustão espontânea. 
    Diário de um Exorcista é um livro baseado em fatos reais, isso eleva a outro nível a leitura mesmo não acreditando em uma palavra você o lerá de maneira diferente, pois a semente da dúvida já estará plantada. Sua estória é narrada em primeira pessoa, na voz do Padre Lucas Vidal que relembra sua vida para dois jovens estudantes de cinema, em um relato que apesar de seguir uma linha temporal não se atem a partes desnecessárias, o foco são suas experiências espirituais e sobrenaturais que o moldaram e levaram a se tornar um exorcista. A narrativa começa na infância em seu momento mais traumático, passa pela sua rígida formação eclesiástica chegando até os conflitos mais desesperadores contra as forças do mal em exorcismos cheios de suspense e tensão. Há todo um ambiente sombrio que envolve o leitor desde o inicio como um abraço surreal são necessários alguns segundos de adaptação quando a leitura é interrompida para retornar a realidade. E no final bons minutos para digerir todos os acontecimento e tirar suas conclusões.
   Fruto de um projeto que envolve literatura e cinema possui uma versão para as telonas que irá estrear em breve, o livro possui um encarte com as imagens do filme que servem para adubar ainda mais o solo para pesadelos, além de um enigmático adendo que traz curiosidades bizarras que aconteceram durante as imagens.  Diário de um Exorcista ainda conta com um DVD que traz a trilha sonora e trailer de sua adaptação. Sem dúvidas é um dos melhores lançamentos nacionais de horror dos últimos tempos, uma história sombria e macabra que ultrapassa o fino véu da realidade e ficção testando os nervos dos leitores. Leitura obrigatória.

Minha nota: ☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠ (10/10 Caveiras) 

2 comentários :

  1. Eu tenho este livro, pretendo ler este ano ainda, minhas expectativas estão bem altas, principalmente em razão de sua resenha Rafa. Maurilei.

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho este livro, pretendo ler este ano ainda, minhas expectativas estão bem altas, principalmente em razão de sua resenha Rafa. Maurilei.

    ResponderExcluir