ÚLTIMAS NOTÍCIAS

15 de setembro de 2013

Resenha: As Formigas - Bernard Werber



Sinopse:
   Cem milhões de anos antes de nós, elas já estavam presentes, espalhadas em legiões, cidades e impérios por toda a superfície da Terra.
   Criaram uma civilização paralela, construíram verdadeiros reinos, inventaram as mais sofisticadas armas, conceberam uma completa arte da guerra e da política, que até hoje não conseguimos igualar, dominaram uma espantosa tecnologia. Tiveram os seus próprios Átila, Cristóvão Colombo, Júlio César, Maquiavel e Leonardo da Vinci.
   Está próximo o grande dia das formigas.
   Este romance, diferente de qualquer outro, nos diz o porquê e nos mergulha, de maneira impressionante, num universo de crimes, monstruosidades e guerras sem precedentes. Para além da imaginação, permite que se penetre no mundo dos infraterrestres.
   Então, olhe onde pisa. Tendo lido "As Formigas", talvez você nunca mais veja a realidade da mesma maneira.

Opinião:
      Bernard Werber conseguiu criar uma obra extremamente inteligente e sagaz com As Formigas, primeiro volume da trilogia O Império das formigas, mesclando fantasia, toques de ficção cientifica, biologia e suspense com mais de quinze de anos de incansáveis pesquisas sobre o mundo dos insetos. O Resultado disso é um romance diferente do convencional com cenas estranhas e poéticas que contam a vida no formigueiro com suas batalhas diárias pela sobrevivência, a organização das formigas e sua divisão em classes e importância para a colônia além da interação entre as outras espécies de insetos e os seres humanos. É um livro que possui um dos finais mais surpreendentes que já li.
   A narrativa no começo segue três diferentes linhas que ao longo do livro se convergem até o grandioso fim. A primeira delas segue as protagonistas, as formigas, com um narrador onisciente esses adoráveis insetos ganham inteligência e seu comportamento a primeira vista desordeiro ganha significado.  Werber consegue criar um enredo com diálogos entre as formigas e fazer com que isso pareça real o suficiente para ser verdade, o processo de comunicação é feito através do toque das suas antenas e com feromônios que são característicos de cada espécie ou reino. A segunda se baseia na interferência humana e segue uma história paralela bastante misteriosa que parece não ter nenhuma relação com o enredo principal, mas seu significado fica claro ao final. A ultima segue as anotações de uma enciclopédia compilada por um biólogo estudioso das formigas, com curiosidades reais e dados interessantes aparece em pequenos flash entre capítulos e na mudança de visão narrativa (humana/formiga) servindo como uma explicação e informando o leitor para entender melhor determinadas ações.
   Grandes batalhas são travadas neste livro, as formigas são a única espécie além do homem que guerreia para expandir seu território e subjugar os vencidos. Porém o autor não fica apenas nesses insetos, passamos a conhecer um pouco sobre os cupins, inimigos mais ferrenhos das formigas, besouros, aranhas, vagalumes e caracóis (a cena das lesmas hermafroditas copulando jamais sairá da minha cabeça, jamais, jamais...) que fazem parte do mundo habitado pelas protagonistas. Não há nada mais belo e assustador do que o nascimento de uma rainha de formigueiro, todo o processo mortal e perigoso que a formiga tem que enfrentar para conseguir se fertilizar e depois sobreviver sozinha dando a luz a filhos que construirão sua nova colônia é algo sublime.  Após ler esse livro tenho certeza de que você nunca mais olhará as formigas da mesma maneira. Indico a todos que querem uma leitura diferenciada com qualidade e profundidade.  

Minha nota: ☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠ (10/10 Caveiras)

8 comentários :

  1. Um livro bem diferente. Me parece daquele tipo de história que ou você acha genial ou você odeia hahaha

    http://sobrelivroseletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Já li e concordo com sua opinião. Achei um bom livro!

    Um abraço!
    Rodolfo Soares
    Um guarda-livros

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o livro, parece ser uma leitura bem diferente do que estou acostumado. Mas gosto de experimentar coisas novas e vou analisar este livro.

    Estou seguindo seu blog para acompanhar as atualizações e sempre que puder fazer uma visita.
    Abraços

    http://reaprendendoaartedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nossa, o cara passou 15 anos pesquisando para escrever o livro... deve ser bom mesmo. To curiosa para saber o final surpreendente hehe
    http://mentes-magicas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Cara, estou lendo o "Desfiladeiro do Medo" e achando fantástico. E agora você chega com esse. Pô! Claro que entrou para a lista... Grande resenha.

    ResponderExcluir
  6. Adorei seu blog! parabéns, muito legal! vou passar a acompanhar!

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo joia?!
    Está lindo seu blog, já estou te seguindo...
    Segue o meu tbm, eu iria adorar!!!
    http://manyelly.blogspot.com.br/
    http://www.pinterest.com/manyelly/
    Sucesso para você!!!
    Bjo

    ResponderExcluir
  8. Apesar de sua resenha conseguir fazer o livro parecer interessante, acho que não vou ler não. Ao menos por enquanto.
    Não aguento nem assistir àqueles filmes com insetos, imagina ler um livro! (uma trilogia, na verdade x.x)
    Mas quem sabe um dia...

    Abs
    fantasiandocomoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir