ÚLTIMAS NOTÍCIAS

7 de junho de 2013

Resenha: O Assassino Dentro de Mim - Jim Thompson



Sinopse:
  O assassino dentro de mim', escrito em 1952, é uma obra-prima do romance noir. O subxerife Lou Ford é uma personalidade exemplar em sua pequena cidade do Texas, paciente, educado, não há quem não goste dele. Naquele lugar, o pior que alguns dizem é que é um pouco lento e chato. Mas o que ninguém sabe é sobre sua 'doença'. Ela quase o destruiu quando jovem e agora está prestes a reaparecer...

“O Depoimento mais assustador e verossímil de uma mente criminosa que encontrei em toda a minha vida.” Stanley Kubrick

Opinião:
   O Assassino Em Mim é um daqueles livros poucos conhecidos que se perdem nas estantes de bibliotecas seu tamanho pequeno, menos de duzentas páginas, contribui bastante para isso, mas... De tempos em tempos algum leitor desavisado o encontra e um simples olhar para a capa e título ou a sensação do livro em mãos é o suficiente para iniciar a compulsão de lê-lo imediatamente. Jim Thompson criou uma obra de arte do gênero policial no qual o horror é crescente e sem tréguas, um autorretrato de um sociopata narrado em primeira pessoa. Nos filmes temos a luxúria de nos encostar-se à poltrona e apenas observar os serial-killers, monstros e psicopatas matando pessoas como nós sem se abalar muito profundamente com isso, mas já nos livros... A leitura nos leva diretamente a mente do assassino e vemos o mundo da sua maneira, cada detalhe macabro de sua personalidade e ações.
   O protagonista e narrador da história é Lou Ford, um "simpático" subxefire de uma cidadezinha pequena do interior. O autor consegue passar ao leitor todo o complexo ambiente desse tipo de cidade, por exemplo, as famílias vivem gerações na mesma casa e não é raro o filho seguir a profissão do pai, então quando um estranho se muda para lá ele sempre será um forasteiro, passem dez, vinte ou trinta anos será sempre "aquele que se mudou". Eu cresci numa cidade assim e sei como funciona talvez por isso minha identificação com o livro seja grande, o mundo lá "fora" pode estar em guerra, mas na cidade o assunto mais comentado será sempre aquele antigo adultério do prefeito ou determinado jovem que saiu de casa para tentar a vida fora. O que acontece na cidade fica na apenas entre os moradores e dificilmente, dependendo do seu sobrenome, isso será comentado, porém cada olhar no supermercado e na escola fará você se lembrar do que aconteceu. Com Lou é assim, um passado sombrio e cheio de segredos e uma família bastante conturbada.
    Lou Ford em sua infância sofreu alguns traumas bastante fortes que modificaram sua psique de maneira profunda e irreversível. Na adolescência isso floresceu na forma de assassinatos com um segredo escondido a sete chaves por seu pai e seu irmão, este ultimo assumindo a autoria dos atos em nome do sentimento. O pai de Lou, após esses acontecimentos, perdeu toda a fé que possuía em seu filho e começou uma espécie de tratamento caseiro não convencional para ensiná-lo a se portar perante a sociedade, escondendo quem ele é atrás de um personagem típico de pequenas comunidades. Lou consegue se manter longe de problemas enquanto cresce mas após perder as duas únicas pessoas em quem confiava, de maneira um tanto suspeita, esse instinto retorna novamente e uma sanha por vingança começa a se formar em seu amago.
   O Assassino Em Mim é um livro assustador e belo ao mesmo tempo, o retrato da mente sombria que pode se esconder atrás dos mais olhos desconhecidos na rua. Porém não é uma leitura para todos, alguns podem se sentir desconfortáveis na mente de um psicopata, com todos aqueles cantos obscuros onde as sombras tomam proporções e tamanhos estranhos e desconhecidos. Uma leitura recomendada para quebrar a monotonia das histórias policiais e reestruturar a nossa percepção de "herói".

Minha nota: ☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠ (10/10 Caveiras) 

2 comentários :

  1. Yes! Eu gostaria muito de estar alojado em um cantinho da mente de um psicopata, esse livro seria perfeito! Nunca ouvi falar de Jim Thompson (devo ser um completo ignorante com isso), mas agora que sei sobre esse livro, procurarei saber mais sobre esse autor!
    Estou apaixonado pela primeira vez! E por um blog! AUSHAUSHASHUA
    Parabéns, Rafa! Seguindo!

    Gabryelfellipeealgo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu não sei se esse é o livro que deu origem ao filme , se for deve ser mesmo excelente , por que o filme é ótimo , sendo assim o livro deve se mesmo incrível. Ótima resenha.

    ResponderExcluir