ÚLTIMAS NOTÍCIAS

17 de maio de 2013

Resenha: As Crônicas Do Fim Do Mundo: A Noite Maldita - André Vianco




Sinopse:

   Quando metade dos seres humanos adormece inexplicavelmente, o que surge é um cenário apocalíptico: prédios em chamas falta de eletricidade e pessoas desesperadas correndo sem rumo pelas ruas. Nada mais funciona como de costume, e os hospitais ficam lotados com vítimas do que parece ser uma terrível epidemia. Porém, tudo piora quando uma parte dos “adormecidos” desperta com uma sede incontrolável de sangue. Inicia-se então uma guerra de proporções nunca antes registradas, entre humanos e vampiros, naquela que, para sempre, seria chamada de A noite maldita. Ambientado em diversas cidades do Brasil, o livro leva o leitor a um mundo caótico e sombrio, onde a luta pela sobrevivência é constante e qualquer descuido pode ser fatal. Conheça a origem da aclamada saga “O Vampiro-Rei” e descubra como as batalhas entre humanos e vampiros começaram.


Opinião:
  A Noite Maldita é um livro que faz jus ao nome, depois de lida a primeira página fica impossível frear o ritmo da leitura que se torna viciante, transformando o leitor em um vampiro de letras impressas com uma sede insaciável. Com um ritmo ora lento com cenas que prendem a atenção e servem como base ou referencia para os outros livros da saga, ora rápido com ataques de hordas vampíricas e a tensão das cenas de suspense, Noite Maldita é imperdível para qualquer fã de terror e de boa literatura.
    André Vianco mais uma vez inova ao apresentar de maneira detalhada um apocalipse no Brasil, com personagens bastante reais e cenários que conhecemos, seja em realidade ou apenas pela TV, consegue criar um vinculo bastante intimo com o leitor que se sente em casa na história. Estamos acostumados demais com a visão americana de apocalipse, pessoas invadindo lojas de armas e se refugiando em shoppings, mas acredito que você já tenha imaginado essa situação aqui no nosso país, como seria? O que faríamos? Como reagiríamos? Atrás de quem da nossa família sairíamos em busca primeiro? E se durante a busca, um estranho tivesse precisando de ajuda? É esse tipo de questão que o autor coloca na mente do leitor...
  De todas as maneiras possíveis do mundo acabar imagine isso acontecendo em uma noite, uma noite como qualquer outra normal, você se despede sua família e vai dormir pensando naquela prova importante de amanhã ou entrevista de emprego. Quando o dia chega você descobre que seu bairro está sem energia e por isso se atrasa na hora de se arrumar para sair, com pressa, mas já sabendo de que ela de nada lhe valerá nota que a casa está silenciosa, aliás, sua rua em geral. Numa busca pela casa descobre que seus familiares ainda estão dormindo, tenta acordá-los, mas a tarefa se revela impossível e então mesmo assustado resolve deixá-los como estão e sair para o trabalho. Na rua encontra uma grande bagunça, carros estacionados a esmo, algumas pessoas dormindo no chão e um pequeno caos crescendo. Algo dentro de você diz que alguma coisa não está certa. Então após pegar um ônibus lotado com pessoas silenciosas e tão perdidas quanto você finalmente está no trabalho, lá descobre que a falta de energia atinge toda a cidade talvez mais ainda e também que sua família não foi a única a cair naquele sono pesado... Porém também toma conhecimento de boatos de pessoas que simplesmente piraram e se tornaram agressivas, diz-se que isso ocorre com maior frequência à noite e é nesse horário que normalmente você retornaria para casa é aí então que o medo e pânico começam a crescer... Mas o pesadelo está apenas começando, ainda é o primeiro dia e logo virá a segunda noite...
  André Vianco criou um novo mundo com os livros Bento e Vampiro-Rei agora mostra com inteligência e magnifico talento como foi o começo e o fim de tudo em A Noite Maldita, um livro memorável no mesmo estilo de A passagem de Justin Cronin. Altamente indicado.

Minha nota: ☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠ (10/10 Caveiras) 

6 comentários :

  1. Eu já quero ler esse livro há algum tempo, mas acho ele muito caro! hehe

    http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/
    Mais Uma Página

    ResponderExcluir
  2. Oi, não sei se você já mandaram pra você, mas indicamos seu blog pra responder uma TAG, espero que não se importe e responda :)

    http://resenhademundos.blogspot.com.br/2013/05/tag-selinho.html

    ResponderExcluir
  3. Comecei a ler o livro há uma semana, e já estou quase na metade!!! Até agora achei o melhor livro da série!!!

    ResponderExcluir
  4. Pra quem tá achando o preço alto, achei por R$ 37,00 na FNAC! O melhor preço que achei até agora! Já é quase a metade do preço de lançamento!

    ResponderExcluir
  5. eu gostaria de saber se teremos uma continuação deste otimo livro

    ResponderExcluir
  6. Está aí um autor com quem eu implico. Não gosto do estilo, ou da falta de estilo de André. Ele é desajeitado para narrar as cenas de ação, tem personagens muito superficiais e a mania de colocar canções do pop rock nacional na boca de seus personagens chega a me irritar. Parece que o Brasil todo curte o mesmo gênero de música que ele. Além de sua evidente homofobia. Porém, mesmo com todos esses defeitos, eu curti Os Sete, a continuação, Sétimo e o primeiro volume de O Turno da Noite. Pois tenho de reconhecer que ele é muito criativo.

    http://porquelivronuncaenguica.blogspot.com.br/2014/11/sete-serial-killers-da-literatura.html

    ResponderExcluir