ÚLTIMAS NOTÍCIAS

18 de janeiro de 2013

Resenha: Odd Thomas - Dean Koontz




Sinopse:
   Odd Thomas, um jovem cozinheiro de uma cidadezinha californiana, vê e ajuda os mortos da melhor forma que pode. Um dia Odd se sobressalta ao ver um estranho sentado ao balcão do restaurante onde trabalha: ele está cercado de bodachs, entidades que só se mostram quando algum desastre de proporções gigantescas está para acontecer. Na casa do suspeito ele encontra um arquivo sobre os piores assassinos da história e um portal para os bodachs - indícios suficientes para Odd temer um assassinato em massa. Com a ajuda de um grupo de amigos, ele se lançará em uma corrida contra o tempo para salvar os habitantes.

"Eu sei mais sobre os mistérios do universo do que aqueles que não conseguem ver os mortos vagando, mas não compreendo mais do que uma ínfima fração da verdade de nossa existência. Eu, entretanto, ao menos consegui tirar uma conclusão baseada no que sei: não existem coincidências.”  


Opinião:
    Odd Thomas é simplesmente a melhor criação de Dean Koontz, um personagem tão cativante e fascinante que é dificil não pensar nele como uma pessoa real. O livro tem ação do início ao fim, dá até para dizer que a partir do momento em que se lê a primeira frase fica praticamente impossivel parar a leitura:  “Meu nome é Odd Thomas. Mas não sei por que você se importaria comigo ou com minha existência numa época em que a fama é o altar venerado pela maioria das pessoas.” Há também uma notável união entre o humor e o suspense, tecidos em uma narrativa tão impecável, que torna a leitura extremamente prazerosa e gratificante. É um daqueles livros que nos fazem sentir pena daqueles que não possuem o hábito da leitura pois não sabem o que estão perdendo.
    Odd Thomas é um herói ao acaso, bastante humilde e com um enorme coração ele conquista a todos com seu jeito engraçado e apaixonante de ver o mundo. Ele possui um talento inexplicável, pode enxergar os espíritos dos mortos. É aí que está a grande sacada do Dean, seu protagonista apesar de poder ver, não pode falar com os "fantasmas"  e a sua comunicação fica reduzida a gestos e expressões.  Além dos mortos, Odd pode ver  entidades estranhas formadas apenas de sombras que parecem se alimentar das desgraças humanas, ele os chama de bodachs um nome que vem da mitologia gaélica. 
      Os personagens são muito bem definidos e engraçados, além do protagonista temos o Pequeno Ozzie (que de pequeno não possui nada) e seu gatinho de estimação Chester, especialista em fazer xixi nos sapatos de Odd.  Stormy Llewellyn é a alma gemea de Odd que ao lado do chefe Wyatt Potter fecham o circulo "familiar" dele.
    A história começa quando Odd Thomas nota muitos bodachs vagando pelo restaurante em que trabalha, eles não sabem que ele pode vê-los por isso tenta fingir normalidade perante essas presenças assustadoras. Ele nota que um homem, apelidado carinhosamente de Homem-Fungo, parece ser o centro das aparições que o rodeiam com um apetite voraz e excitação. Odd começa a achar que o Homem-Fungo está planejando algo ruim e de grandes proporções devida a concentração de bodachs que lotam o centro da cidade. Decidido a pará-lo, nosso protagonista, começa a segui-lo em busca de provas mais substanciais para apresentar a policia... É então que os problemas começam...

Minha nota: ☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠ (10/10 Caveiras) 

Um comentário :