ÚLTIMAS NOTÍCIAS

15 de setembro de 2012

Resenha: Terrores da Noite - Martin Cruz Smith


Sinopse:
  Um extraordinário relato de horror e magia, inspirado em lendas indígenas.      Um velho índio hopi desperta do mundo dos mortos, na forma de devastadores morcegos, para vingar as humilhações sofridas por seu povo.

Trecho:
  "Pense num animal que do ponto de vista da aerodinâmica tem mais maleabilidade que uma mosca. Que possui um sistema de captação de ecos mais sofisticado que a tecnologia de navegação de um bombardeiro militar. Que enxerga no escuro tão bem quanto um gato.  Que, caso único na natureza, ultrapassou os limites da eficiência, convertendo o sangue de outros vertebrados em seu próprio sangue."


Opinião:
    Martin Cruz Smith criou um livro de suspense na medida certa, não é muito forte a ponto de te fazer engolir as páginas e nem muito lento a ponto de chegar a ser tedioso, Terrores da Noite foi cuidadosamente escrito e se tornou uma leitura prazerosa e satisfatória. 
   Imagine-se numa caminhada a noite quando se escuta o barulho do vento, um barulho alto e ensurdecedor, mas, porém você não o sente então olha para cima e vê o céu todo escuro e tenebroso... Começa a caminhar mais rápido já com o medo se insinuando pelas veias e a vontade de chegar logo em casa aumentando segundo a segundo. Então alguma coisa gruda em seu pescoço e te morde você grita e corre quando olha o que era vê um morcego gigante com os olhos brilhando na escuridão. Logo novos pares de olhos aparecem e você se dá conta, talvez tarde demais, que aquele barulho não era o vento e sim o bater de milhares de asas de morcegos-vampiros...
  Essa é a premissa de Terrores da Noite, um animal asqueroso e comumente associado a monstros de terror começa a atacar seres humanos. Ataques que ocorrem em bandos gigantescos que devoram rebanhos em horas, porém não se resume a apenas ataques, pois os morcegos carregam consigo uma nova variação mais virulenta e mortal da raiva modificada por seus organismos. Há um toque sobrenatural a história que causa um arrepio na pele e a deixa mais 'suculenta'.
   O livro é ótimo para se ler em momentos de tédio como filas e ônibus devido a sua facilidade de prender a atenção do leitor. Altamente recomendável. 

Minha nota: ☠☠☠☠☠☠☠☠☠☠ (8/10 Caveiras) 

2 comentários :