ÚLTIMAS NOTÍCIAS

25 de fevereiro de 2012

Resenha: Pesadelos e Paisagens Noturnas volume 1 - Stephen King





Mais uma grande coletânea de contos de Stephen King e com um nome desses, Pesadelos e Paisagens Noturnas, pode-se esperar muito dessa obra. Se comparado as outras obras do mestre esse livro é pequeno, são apenas 279 páginas divididas em 12 contos, cada um com seu atrativo especial, no Brasil o livro foi dividido em dois volumes daí o seu tamanho. Indico o livro para aqueles que ainda não conhecem King e querem entrar em seu universo, não é a melhor obra dele mas acredito que cada conto ilustra bem a maneira com que Steph escreve e conduz suas histórias. Em 2006 uma série homônima foi lançada, porém contém apenas dois contos deste volume: O Fim de toda a confusão e Sabe, Eles tem uma banda dos Diabos. Os doze contos são:



O Cadillac de Dolan: Steph já começa mostrando sua sutil técnica, neste conto não há nada de sobrenatural, mas mesmo assim é assustador. O tipo de terror psicológico carregado de momentos de tensão. Basicamente trata-se de uma história de vingança, Robinson teve sua esposa assassinada por Dolan e cria uma plano gênial e engenhoso para vingá-la, com um final arrasador.
O Fim da Confusão Toda: Imagine se todas as guerras, a raiva e agressividade humanas pudessem ser extinguidas do mundo através de uma água milagrosa que age nos sentimentos acabando com a agressividade das pessoas, na teoria tornando todos pacíficos. Essa é a ideia básica do conto, narrado em primeira pessoa e cheia de flashbacks, conta a hisrória de dois irmãos em um texto primoroso.
Que sofram as criançinhas: Uma professora começa a desconfiar que seus inocentes alunos não são tão inocentes assim, na verdade caros amigos, eles são monstros de outro planeta que vieram dominar o mundo. Decidida a por um fim nisso ela começa a agir... Esse é um conto que para dar certo leitor e escritor tem que estar em sintonia, Steph apenas nos mostra a história e somos nós que tiramos no fim nossas próprias conclusões. Só posso dizer que após esse conto sempre que uma criança me encara demais com um olhar mais adulto eu... 
O Piloto da Noite: Um piloto com tendências vampiras deixa um rastro de sangue nos aeroportos que passa e um repórter passa a segui-lo. Esse foi o conto que menos gostei, sem grandes momentos a história se arrasta demais e não me convenceu.
Popsy: Um homem devendo dinheiro a um chefão do submundo sequestra criançinhas para conseguir quitar a dívida, mas quando ele sequestra o menino errado que estava procurando seu Popsy as coisas vão de mal a pior. um conto bastante direto, porém sem grandes momentos também.
A gente se acostuma: King diz que esse conto serve como epílogo para Trocas Macabras, como ainda não li esse livro não tenho nenhum comentário adicional. Na história algumas pessoas de Castle Rock relembram acontecimentos estranhos que ocorreram na cidade. Um ótimo conto para se ler a luz do pôr-do-sol.
A Dentadura Mecânica: Ok, ok vou fazer um pouco de spoiler mas nada que altere o sabor da história, se quiser parar de ler esta é sua última chance... Continuou? Ótimo então vamos lá. Um homem fica fascinado por uma dentadura mecânica exposta na loja, a dona diz que está estragada, mas seu marido vendo o quanto gostou do objeto decide dá-la a ele, para levar a seu filho. voltando para casa antes que uma tempestade areia chegue ele dá carona a um rapaz, que no caminho acaba se revelando ser um ladrão e armado com um canivete tentar roubar o carro, mas o homem se defende com a dentadura... porém sem tocar um dedo nela.
 Dedicatória: Uma mãe coleta sêmem de um escritor famoso e através de magia negra o usa para fazer com que seu filho tenha o mesmo talento do "pai" ao crescer. O conto apesar de ter parágrafos gigantes é de leitura ágil
o que o torna um dos mais legais do livro. 
Dedo semovente:  Em uma pia de banheiro ocorre uma batalha época entre um homem e um dedo. 
Par de Tênis: Uma história de fantasmas não tão fantasmagórica assim, narra as aventuras de uma homem que  descobre um par de tênis assombrados no banheiro de seu trabalho. 
Sabe, eles tem uma banda dos Diabos: Um casal se perde em meio a uma estrada e acaba chegando numa cidadezinha chamada Paraíso do Rock 'n Roll, lar de astros do rock que já morreram, não é xerife Presley?... Simplesmente o melhor conto do livro. 
Parto em casa: Bactérias alieníngenas invadem nosso planeta e o resultado disso é mortos levantando de suas sepulturas e adquirindo "vida" novamente. Steph bem a là George Romero, acredito que um livro do mestre sobre zumbis seria muito legal, no conto ele mostra que domina o tema.

3 comentários :

  1. grande blog amigo!
    descobri ele esses dias e gostei muito!

    ResponderExcluir
  2. comprei o livro e estou loooouca pra ler .
    ótima resenha :)

    ResponderExcluir
  3. Poxa Legal, Contos são agéis, legal ter Livros de contos assim. Essas Resenhas são tão boas que passei meu Domingo lendo tudo do King aqui.

    ResponderExcluir